Alvo de clubes chineses, Ricardo Oliveira não descarta saída do Santos

Camisa 9 do Peixe esteve perto de adeus no início do campeonato e agora abre possibilidade para um possível último grande contrato da sua carreira

Comentar
Compartilhar
17 JUN 2016Por Diário do Litoral16h30
Alvo de clubes chineses, Ricardo Oliveira não descarta saída do SantosAlvo de clubes chineses, Ricardo Oliveira não descarta saída do SantosFoto: Ricardo Saibun/Santos FC

Recuperado de lesão e próximo do retorno aos gramados, o centroavante Ricardo Oliveira não descartou uma possível saída nos próximos meses. O jogador tem sido ventilado como alvo de clubes chineses e deixou em aberto uma negociação.

Vale lembrar que a janela de transferências para o futebol oriental se abre no próximo dia 21 de junho e, caso uma boa oferta chegue ao presidente do Santos, Modesto Roma, o jogador pode não atuar mais com a camisa do Peixe. 

"Não gosto de ficar falando sobre especulações. Gera no torcedor uma ansiedade e, às vezes, ele vai tomar uma decisão de uma forma errada, devido ao que ouvir. São especulações que surgem e que não conseguimos evitar. Garanto que vou sair? Não! Mas não garanto que vou permanecer", afirmou.

Aos 36 anos de idade, Ricardo Oliveira esteve perto de deixar o clube no início do ano, após proposta milionária do Beijing Guoane (CHI). Mas o Peixe vetou a saída. Desta vez, no entanto, ele já deixou claro que deseja sair, caso apareça uma grande oferta. Isso por que ele espera concretizar seu último grande contrato na carreira.

Para o alívio do torcedor, Oliveira fez questão de deixar claro que ainda não recebeu uma proposta oficial para deixar o clube e disse estar 100% empenhado em sua recuperação de uma lesão no joelho. Ele não atua pelo Alvinegro há 40 dias, desde as finais do Campeonato Paulista.

"Não abri negociações. São especulações que as pessoas vão falando e tudo isso foge do meu controle. Não tenho como evitar. Torcedor pode ficar tranquilo que estou 100% envolvido com o clube e preocupado somente com a minha recuperação para voltar a ajudar meus companheiros e este clube que me deu oportunidade. Nesse sentido, podem ficar tranquilos", finalizou.