X
Futebol

Ainda 'zerado' com Ceni, Luan trata nova lesão e deixa lacuna no São Paulo

Poucos dias antes do duelo de quinta-feira (27), contra o Guarani, um novo problema atrapalhou os planos do jogador

O técnico já não poderá contar com Igor Gomes e Talles Costa, que recentemente foram diagnosticados com a covid-19 / ALEXANDRE VIDAL/CRF

O volante Luan vivia a expectativa de finalmente entrar em campo sob o comando de Rogério Ceni. Recuperado de uma lesão muscular na coxa esquerda, ele se reapresentou ao São Paulo antes dos demais companheiros para aprimorar a forma física de olho na estreia do Paulistão.

Poucos dias antes do duelo de quinta-feira (27), contra o Guarani, um novo problema atrapalhou os planos do jogador. Luan sentiu dores musculares e vem sendo tratado já há alguns dias pelo departamento médico do São Paulo. Com isso, ele é mais uma dúvida para Rogério Ceni no meio-campo. O técnico já não poderá contar com Igor Gomes e Talles Costa, que recentemente foram diagnosticados com a covid-19. No ataque, ele vê Luciano correndo contra o tempo para se recuperar de uma contratura muscular na panturrilha.

A provável ausência de Luan cria uma lacuna para o São Paulo. Ele é o único jogador no elenco com características para atuar como primeiro volante —ou ao menos um primeiro volante mais combativo, que ocupe os espaços e ponha pressão nos adversários. Sem o camisa 8, Ceni teria que escolher entre Gabriel e Rodrigo Nestor.

Faça parte do grupo do Diário no WhatsApp e Telegram.
Mantenha-se bem informado.


O uruguaio chegou ao Brasil como uma espécie de jogador híbrido, podendo tanto jogar como segundo volante ou sendo recuado para a marcação quando necessário. Gabriel tem características semelhantes às de Liziero, que substituiu Luan na função durante boa parte do Brasileirão do ano passado e acabou emprestado ao Inter.

Já Rodrigo Nestor foi uma opção no esquema tático que Ceni vinha utilizando no Brasileirão. O treinador não tinha Luan à disposição e colocava o camisa 25 em uma função mais recuada. Naquele cenário, Nestor contava com o auxílio de Gabriel Sara e Igor Gomes na marcação. Com as chegadas dos reforços para 2022, existe a possibilidade de Ceni mudar a maneira de jogar, o que dificultaria a utilização de Nestor como primeiro volante.

Rogério Ceni terá mais três treinos para decidir quem irá compor o meio de campo do São Paulo. O time do Morumbi encara o Guarani, fora de casa, às 21h30 (de Brasília) da quinta-feira.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

ARTIGO

Sem cuidar do sistema prisional, estamos todos à mercê da violência

Como acontece nas comunidades pobres, as facções criminosas também se aproveitam da ausência do Estado dentro do sistema prisional

Oportunidade

Praia Grande: PAT está com 68 vagas de trabalho e não exige experiência

Candidato deve, obrigatoriamente, retirar a carta de encaminhamento na unidade

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software