Após acidente impressionante com Grosjean, Hamilton vence GP do Bahrein de F1

Carro de Grosjean explode após batida, mas piloto da Hass escapa

Comentar
Compartilhar
29 NOV 2020Por Folhapress15h10
Apesar da batida assustadora, as informações oficiais são de que, inicialmente, Grosjean não sofreu ferimentos gravesFoto: Reprodução Twitter/Formula 1

O piloto Romain Grosjean, da Haas, sofreu um impressionante acidente neste domingo (29), durante o GP do Bahrein de F1, vencido pelo inglês Lewis Hamilton. O carro do francês partiu ao meio e explodiu em chamas após ele bater no guard rail depois de um choque com a AlphaTauri do russo Daniil Kvyat.

Grosjean sofreu queimaduras leves nas mãos e há uma suspeita de fraturas em costelas. Ele chegou a ficar cerca de 30 segundos dentro do carro após o acidente, mas não chegou a perder a consciência.

"Romain está bem, não quero fazer um comentário médico, mas ele tinha queimaduras leves nas mãos e tornozelos. Obviamente, ele está abalado. Quero agradecer às equipes de resgate que foram muito rápidas. Os comissários e pessoal da FIA fizeram um ótimo trabalho, mas foi assustador", disse o chefe da Haas, Gunther Steiner.

O francês foi levado ao centro médico do autódromo de Sakhir e, depois, seguiu de helicóptero para um hospital, a dez minutos do circuito.

Após o acidente, ocorrido logo depois da largada, a prova foi interrompida com bandeira vermelha, para que a barreira do guard rail fosse reparada, além da retirada das partes do carro da Haas.

A etapa ficou suspensa por quase uma hora e meia. Quando foi reiniciada, houve um novo acidente, desta vez com Lance Stroll. O piloto da Racing Point capatou o carro após bater na roda dianteira do carro de Danill Kvyat, da AlphaTauri.

Stroll conseguiu sair do carro sem ferimentos graves, mas o safty car precisou entrar na pista porque a Alpha dele ficou de cabeça para baixo.

Em entrevista a TV Globo após deixar a prova, Stroll lamentou o ocorrido: "Desde o GP da Itália, em Monza, marquei apenas dois pontos, é uma piada, sempre alguma coisa dá errado."

Após terceira largada, o inglês Lewis Hamilton, que largou na pole, conseguiu se manter na ponta até o fim para conquistar sua 95ª vitória na F-1. Max Verstappen, da Red Bull, ficou em segundo e, Sergio Pérez, da Racing Point, em terceiro.

O resultado final do GP do Bahrein

1º: Lewis Hamilton (GBR, Mercedes) - a 2h59m47s515
2º: Max Verstappen (HOL, Red Bull) - a +1s254
3º: Alexander Albon (THA, Red Bull) - a +8s005
4º: Lando Norris (GBR, McLaren) - a +11s337
5º: Carlos Sainz Jr (ESP, McLaren) - a +11s787
6º: Pierre Gasly (FRA, Alpha Tauri) - a +11s942
7º: Daniel Ricciardo/AUS - Renault - a +19s368
8º: Valtteri Bottas (FIN, Mercedes) - a +19s680
9º: Esteban Ocon (FRA, Renault) - a +22s803
10º: Charles Leclerc (MON, Ferrari) - a 1 volta
11º: Daniil Kvyat (RUS, Alpha Tauri) - a 1 volta
12º: Antonio Giovinazzi (ITA, Alfa Romeo) - a 1 volta
13º:George Russell (GBR, Williams) - a 1 volta
14º: Sebastian Vettel (ALE, Ferrari) - a 1 volta
15º: Nicholas Latifi (CAN, Williams) - a 1 volta
16º: Kimi Raikkonen (FIN, Alfa Romeo) - a 1 volta
17º: Kevin Magnussen (DIN, Haas) - a 1 volta
Não completaram:
Sergio Pérez (MEX, Racing Point) - a 53 voltas
Lance Stroll (CAN, Racing Point) - a 2 voltas
Romain Grosjean (FRA, Haas) - o piloto sofreu queimaduras em acidente e foi levado ao hospital