Corinthians procura uma estrela para reviver tempos de Ronaldo

A última tentativa corintiana de ‘substituir’ Ronaldo foi a contratação de Adriano, mas a ação foi um fracasso

Comentar
Compartilhar
01 NOV 201213h35

Contratar não apenas um jogador, mas alguém capaz de alavancar o marketing do clube. Esse é o objetivo do Corinthians para 2013. O presidente do clube, Mário Gobbi, já deu o aval para comprar um craque “de impacto”.

Seria uma maneira de o clube reviver, ainda que numa escala menor, o que aconteceu com a passagem de Ronaldo Fenômeno, entre 2009 e 2011. Foi nessa época que o Corinthians conseguiu seus melhores contratos de patrocínio (com a Hipermarcas por R$ 37 milhões/ano). Gobbi sempre foi contrário à ideia de “jogadores celebridades”, mas agora está convencido de que isso traz retorno ao clube. 
 
O Corinthians está sem patrocínio master desde abril e vive de acordos pontuais. Alguns foram muito bons, como o da Iveco, nas finais da Libertadores, que rendeu R$ 1 milhão por jogo. O Corinthians negocia um novo patrocínio com a Iveco, por cerca de R$ 3,5 milhões, apenas para os dois jogos do Mundial de Clubes (dias 12 e 16 de dezembro). O acordo, no entanto, estaria atrelado à extensão até o fim da próxima temporada. O problema é que a Iveco só está disposta a fechar um contrato pontual. Essa indefinição em relação ao patrocínio chegou à Fifa, que veta patrocínios caça-níqueis para o Mundial.

O valor do espaço no uniforme para um temporada também gera controvérsia dentro do clube. Dirigentes como o vice-presidente Luis Paulo Rosenberg não aceitam contratos abaixo dos R$ 30 milhões por ano. Outros diretores, porém, alegam que o mercado não está aquecido, o que dificulta as negociações.

Adriano marcou apenas um gol com a camisa do Corinthians (Foto: Paulo De Souza-ABCDIGIPRESS-AE)
 
Jorge Henrique volta a ser titular
 
Em treino realizado na tarde de ontem, o técnico Tite confirmou o retorno de Jorge Henrique ao time titular do Corinthians. Fora da equipe principal há mais de dois meses, o atacante formará o trio ofensivo com Martínez e Romarinho na partida contra o Atlético-GO, no domingo, pelo Brasileirão. 

O atacante ganhará nova chance na equipe por causa dos desfalques de Emerson, ainda em recuperação, e Guerrero, suspenso. Jorge Henrique não entra em campo como titular desde o dia 12 de agosto, quando se machucou em partida com o Coritiba.

Além de Emerson e Guerrero, Danilo desfalcará o Corinthians no fim de semana. O meia ainda se recupera de lesão e tem boas chances de voltar ao time na rodada seguinte, contra o Coritiba, no dia 10 de novembro.