X
Especial Publicitário

Se no topo parece tudo acertado, a zona de rebaixamento é o foco dos palpites no Brasileirão 2021

O Atlético MG faz uma campanha irrepreensível e é o virtual campeão brasileiro de 2021

Atlético MG 2021 / Fonte Flickr

Mesmo que ainda não esteja matematicamente garantido, a cada rodada que passa o Atlético-MG dá mais uma prova que o Campeonato Brasileiro de 2021 é seu e ninguém tira.

Por isso as apostas mais concorridas deverão estar direcionadas à zona do Z4, onde a disputa para se manter na série A está pegando fogo. Caso você queira dar os seus palpites, saiba tudo sobre o cadastro na Betano para ter acesso a uma boa plataforma e ainda aproveitar um bônus de boas-vindas.

Se você ainda acredita que dá para ter uma surpresa no topo da tabela, é possível conferir como estão as odds para os jogos finais do Brasileirão e mirar nos times lá em cima. Após 50 anos de jejum o Galo tem a faca e o queijo na mão. A primeira vez que o clube mineiro conquistou o Campeonato Brasileiro foi exatamente em sua primeira edição ainda em 1971, antes mesmo da competição ser disputada no sistema de pontos corridos.

Depois disso o Galo chegou perto, mas não levou a taça. Ele foi vice-campeão em 1977, 1980, 1999, 2012 e 2015. Apenas duas equipes teoricamente têm chances, apesar de remotas, de tirar o título da equipe mineira: o Flamengo atualmente com 60 pontos e o Palmeiras com 58.

Contudo, o primeiro objetivo dessas duas equipes é a final da Copa Libertadores de América que será disputada no próximo dia 27 em Montevidéu - Uruguai. Por isso tome bastante cuidado antes de apostar nos “azarões” Flamengo e Palmeiras porque apesar do retorno das odds serem excelentes, suas cabeças podem estar em outro objetivo.

Já na zona de rebaixamento a história é outra

Neste ano temos praticamente 8 clubes lutando contra a degola, fazendo um imenso esforço para escaparem da série B. Uns com um pouco menos de risco e outros já rebaixados matematicamente, como a Chapecoense (15 pontos), ocupando a última colocação.

Além da Chape, podemos ver Bahia, Grêmio e Sport ocupando as outras posições do Z4. As piores situações são do Sport e do Grêmio. O tricolor gaúcho tem nada menos do que 92% de risco de rebaixamento segundo o site FiveThirtyEight. Pior ainda é a situação do Sport que está atrás do Grêmio e com um jogo a mais e, precisando de um milagre para escapar de um novo rebaixamento, parece que não consegue mais qualquer recuperação. 

O Santos parece que está escapando

Além dos times nas quatro últimas posições, Santos, Cuiabá, Atlético-GO, Athletico (PR), São Paulo e Juventude permanecem na luta para se afastarem mais da zona da degola.

O Santos que vinha flertando com o Z4, conseguiu se afastar um pouco da zona de rebaixamento, com vitórias seguidas e até um sonho distante de uma vaga na pré-Libertadores já que o G6 pode virar até G9. 

Parece que o pior momento do Peixe está ficando para trás e o clube já começa a trabalhar nos bastidores atrás de reforços para 2022. A chegada do treinador Fabio Carille não trouxe resultados imediatos, com algumas derrotas doídas. Mas recuperando a confiança de alguns atletas – como Marinho e Felipe Jonathan – e uma defesa mais sólida, as vitórias vieram.

As duas vitórias (Bragantino e Chapecoense) e o empate (Atlético GO) nos últimos 3 jogos foram vitais para sair de perto da zona. Apesar de ainda não ter garantido sua permanência na Série A, a trajetória é ascendente.

Já o Gremio e o Sport...

O mesmo não pode ser dito do Grêmio, tão vencedor em sua história, mas que sofre neste fim de 2021. Hoje parece que essas conquistas estão muito longe da realidade atual do clube. O Tricolor Gaúcho soma até agora dois rebaixamentos para a série B, um em 1991 e o outro em 2004 e parece que neste ano de 2021 o caminho a seguir será o mesmo.

Sob o comando do técnico Vagner Mancini o Grêmio não conseguiu arrancar e, em suas primeiras 7 partidas, o resultado teima em não aparecer de forma satisfatória: são três  vitórias e cinco derrotas. Mesmo que consiga melhorar seu futebol e ter uma recuperação “épica” ainda vai ter que torcer por tropeços dos times que estão acima.

Apesar de ainda ter chances matemáticas, o Sport também parece que já tem seu futuro definido no Brasileirão de 2022, pois tem um jogo a mais que o Gremio e um ponto a menos. O time pernambucano tem 5 rebaixamentos: em 1989, 2001, 2009, 2012 e 2018. O Leão da Ilha só fica atrás do América Mineiro, Vitória e Coritiba com 6 rebaixamentos cada e está empatado com o Goiás e Santa Cruz, também com cinco.

Na verdade, de todas as equipes que disputam o Campeonato Brasileiro somente o Santos, São Paulo e Flamengo nunca chegaram a ser rebaixados para a segunda divisão do Brasileirão. Será que Santos e São Paulo ainda conseguem evitar o pior e se manterem entre os times “invictos” na Segunda Divisão? 

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Política

Bolsonaro se filia ao PL e volta ao centrão durante evento

Discurso do presidente foi de gestos a parlamentares e de ataques à esquerda

Polícia

Polícia Civil desmonta laboratório de drogas em São Vicente

Durante ação em combate ao tráfico, equipe apreendeu grande quantidade de crack, cocaína, lança-perfume e maconha 

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software