Prefeitura de Itanhaém abre concurso público com 200 vagas

As oportunidades são exclusivas a moradores das áreas de abrangência da USF dos bairros Belas Artes, Centro, Coronel, Gaivota, Grandesp, Guapiranga, Loty, Oásis, Savoy e Suarão

Comentar
Compartilhar
20 AGO 2019Por Da Reportagem17h00
As provas objetivas serão realizadas no dia 29 de setembro, em locais e horários a serem divulgadosFoto: Divulgação

A Prefeitura de Itanhaém abriu concurso público destinado ao preenchimento de 200 vagas na função de Agente Comunitário de Saúde, exclusiva a moradores das áreas de abrangência da Unidade de Saúde da Família (USF) dos bairros Belas Artes, Centro, Coronel, Gaivota, Grandesp, Guapiranga, Loty, Oasis, Savoy e Suarão. As inscrições podem ser realizadas até o dia 9 de setembro, via internet, no endereço eletrônico www.nossorumo.org.br. O valor da taxa para a inscrição é de R$ 53,00.

Os requisitos para que a inscrição seja efetuada é ter concluído o Ensino Médio, concluir, com aproveitamento, curso de formação inicial e residir na área da comunidade em que atuam, desde a data da publicação do edital do concurso público, conforme estabelecido no Anexo lll. O salário será de R$ 1.322,00 para 40 horas semanais, mais auxílio alimentação e auxílio transporte.

As provas objetivas serão realizadas no dia 29 de setembro, em locais e horários a serem comunicados em edital de convocação, que serão publicados no Boletim Oficial e nos sites da Prefeitura e do Instituto Nosso Rumo. O exame contará com questões de múltipla escolha, nas disciplinas de língua portuguesa, matemática, conhecimentos específicos, noções de informática e conhecimentos gerais, conforme especificado no edital.

A nota final do candidato será igual ao total de pontos obtidos na prova objetiva do mesmo. Deste modo, os mais bem pontuados serão convocados para o Curso Introdutório de Formação, que ocorrerá de 29 de outubro a 2 de dezembro, com duração total de 40 (quarenta) horas. Após isso, o candidato passará por prova no dia 15 de dezembro. É importante lembrar que os convocados para o curso serão apenas os candidatos que representem, no máximo, cinco vezes o quantitativo de vagas de suas respectivas áreas geográficas.

Colunas

Contraponto