Sebrae-SP oferece 400 mil vagas de qualificação gratuita para MPEs

Programa Empreenda Rápido já está com vagas abertas em cursos técnicos como alongamento de cílios, fotografia para e-commerce, visual merchandising, jardinagem e hambúrguer artesanal; Aulas começam na próxima segunda (22)

Comentar
Compartilhar
16 FEV 2021Por Da Reportagem09h55
Programa Empreenda Rápido já está com vagas abertas em cursos técnicos como alongamento de cílios, fotografia para e-commerce, visual merchandising, jardinagem e hambúrguer artesanalFoto: DIVULGAÇÃO/PREFEITURA DE ITANHAÉM

O Governo de SP, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, e o Sebrae-SP oferecerão 400 mil vagas presenciais e online de qualificação gratuita durante todo este ano pelo programa Empreenda Rápido, com o objetivo de melhorar a produtividade e a competitividade das empresas. Além disso, até o final de 2021, por meio do Banco do Povo, serão disponibilizados mais de R$ 150 milhões em microcrédito aos concluintes dos cursos.

No total, serão 216 mil vagas para cursos técnicos e de gestão ministrados pelo Sebrae-SP, Centro Paula Souza, Universidade Virtual do Estado de São Paulo (Univesp), Senai e Senac e 184 mil vagas exclusivas de gestão aplicadas pelo Sebrae. Além das qualificações, o Empreenda Rápido auxilia os empreendedores no acesso a novos mercados e na busca por crédito orientado.

O programa Empreenda Rápido está preparado para atender quem já empreende e futuros empreendedores. As aulas dos cursos de gestão já começaram em todo o Estado de São Paulo, com mais de 7,1 mil pessoas inscritas em 2021. Novas turmas são abertas todas as semanas, destinadas tanto para quem quer começar um negócio próprio quanto para quem já empreende. Os participantes aprendem sobre finanças, marketing, abertura de empresas, controle de gestão e melhora de resultados. As aulas são aplicadas pelo Sebrae-SP e oferecidas de forma online ou presencial, variando entre 10h e 20h de duração. As inscrições são feitas até dois dias úteis antes do início das turmas.

Em virtude da reclassificação do Plano SP no combate à pandemia do novo coronavírus, municípios podem ter suas atividades presenciais restritas em algum momento. Caso na data de um curso presencial isso aconteça, as atividades serão realizadas de forma híbrida e/ou totalmente online e os inscritos avisados com antecedência.

INSCRIÇÕES ABERTAS.
As inscrições para a primeira turma de cursos técnicos já estão abertas, tanto para pessoas físicas quanto para jurídicas. Para os interessados, o cadastro pode ser feito pelo site https://www. empreendarapido.sp.gov.br , pelo telefone 0800 570 0800 ou buscar informações nos escritórios regionais do Sebrae-SP e postos do Sebrae em todo o Estado. Para acesso ao crédito, os concluintes, não podem restrições cadastrais no CPF ou CNPJ.

Já as aulas começam na próxima segunda-feira (22). Serão oferecidos cursos para os mais variados segmentos, como Beleza, Construção Civil, Alimentos e Bebidas, Têxtil, Vestuário, Automotivo, Eletroeletrônico, Metalurgia, Gráfico e Editorial, Tecnologia da Informação, Economia Criativa, entre outros. Ao longo de 2021, novas turmas serão iniciadas. É preciso ficar de olho na abertura de inscrições.

Para quem está começando será uma oportunidade para aprender uma nova profissão. Para os que já atuam nas áreas, os cursos vão auxiliar na melhora da performance do negócio com técnicas mais competitivas e rentáveis. As aulas serão aplicadas pelo Centro Paula Souza, Univesp, Senai e Senac, oferecidas de forma online ou presencial, variando entre 20h e 44h de duração nas turmas online e 24h e 88h nas presenciais. As inscrições poderão ser feitas até dois dias úteis antes do início das turmas.

EMPREENDA RÁPIDO.
Lançado em julho de 2019 pelo Governo de SP e Sebrae-SP, o Empreenda Rápido vem auxiliando os micro e pequenos empreendedores paulistas a passar pelo momento de crise gerado pela pandemia do novo coronavírus. Só em 2020, cerca 170 mil pessoas se inscreveram no programa e mais de R? 68 milhões foram concedidos em crédito orientado pelo Sebrae-SP e Governo de SP via Banco do Povo e Desenvolve SP.

"Com o objetivo de apoiar os empreendedores, lançamos este maior programa de empreendedorismo do Brasil. A pandemia provocou a maior crise humanitária, sanitária e econômica da nossa história e, com o Empreenda Rápido, foi possível auxiliá-los na retomada gradual de suas atividades. Conheci diversas histórias de microempreendedores que utilizaram o crédito do Banco do Povo e foram exemplos de resiliência durante esta crise. Isso nos enche de esperança e nos faz perceber que o caminho certo é oferecendo oportunidades para todas e todos", disse a Secretária de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, Patricia Ellen.

Já para o diretor-superintendente do Sebrae-SP, Wilson Poit, o programa auxilia empreendedores em temas fundamentais para o sucesso e longevidade dos negócios. "Abrir uma empresa é um grande passo na vida do empreendedor. Mas o maior desafio é mantê-la viva e competitiva no mercado. A taxa de mortalidade dos pequenos negócios no Estado é, em média, de 39% entre o ano 2000 e 2019, mas notamos que essa taxa cai para 19% entre as empresas atendidas pelo Sebrae-SP, capacitadas em gestão e com mais oportunidades de acesso a novos mercados e crédito orientado, pilares do Empreenda Rápido", comenta.