Rede estadual de SP abre período de transferência escolar

Há a opção de transferências de alunos para unidades do Programa de Período Integral e para escolas com períodos parciais; pedidos podem ser feito até dia 12

Comentar
Compartilhar
05 JAN 2021Por Gazeta de S. Paulo19h30
Alunos do Ensino Fundamental na EE José Chediak, zona leste da Capital, em foto de arquivoFoto: Milton Michida/A2 Fotografia

A Secretaria da Educação do Estado de São Paulo recebe até 12 de janeiro pedidos de transferências de alunos que pretendem estudar nas unidades que fazem parte do Programa de Período Integral (PEI). O processo também vale para transferências entre escolas com períodos parciais.

Esses pedidos devem ser realizados on-line pela plataforma Secretaria Escolar Digital (SED), diretamente nas escolas que pretendem conseguir a matrícula ou nas unidades do Poupatempo. Caso não haja a possibilidade de vaga na escola desejada, o aluno será direcionado para a unidade mais próxima do seu endereço e que se enquadre nas suas necessidades. O Governo de São Paulo informa que nenhum estudante fica sem vaga na rede estadual paulista.

Programa de Ensino Integral

No próximo ano letivo, mais 416 escolas do Programa de Ensino Integral (PEI) estarão em funcionamento. O total de unidades que funcionam nesta modalidade vai aumentar de 364, em 2018, para 1.080 a partir de 2021, representando um crescimento de quase 300%.

As novas escolas manifestaram interesse em aderir ao programa e obedecem aos critérios estabelecidos pela Secretaria da Educação, como atender a uma comunidade com maior vulnerabilidade socioeconômica.

Segundo o governo paulista, as novas PEIs vão ofertar 254 mil novas vagas para alunos do Ensino Fundamental – Anos Finais e Ensino Médio.