MEC vai oferecer 80 mil vagas de residência pedagógica em 2018

A residência pedagógica é uma modernização do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (Pibid)

Comentar
Compartilhar
23 OUT 2017Por Da Reportagem12h30
O Ministério da Educação (MEC) vai oferecer 80 mil vagas a partir do próximo ano para ­formação inicial de professores, dentro do Programa de Residência ­PedagógicaFoto: Agência Brasil

O Ministério da Educação (MEC) vai oferecer 80 mil vagas a partir do próximo ano para ­formação inicial de professores, dentro do Programa de Residência ­Pedagógica. O programa foi lançado no âmbito da Política Nacional de ­Formação de Professores, que também foi reformulada e abrange ainda a criação de uma Base Nacional Docente e a ­flexibilização das regras do Programa Universidade para Todos (ProUni) para preenchimento de vagas de licenciatura ociosas.

A residência pedagógica é uma modernização do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (Pibid) e o objetivo principal é a melhoria da qualidade da ­formação inicial e uma melhor avaliação dos futuros professores, que terão um ­acompanhamento ­periódico. O edital será lançado no próximo ano e as instituições formadoras de professores deverão estabelecer convênios com as redes públicas de ensino. O ingresso no estágio supervisionado será feito ao longo da graduação, a partir do segundo ano.

Colunas

Contraponto