Guarujá leva alunos do Programa Brasil Alfabetizado para passeio na Fortaleza da Barra nesta quinta (24)

Fortaleza da Barra é considerada um dos pontos turísticos mais atrativos de Guarujá

Comentar
Compartilhar
23 OUT 201315h40

Pouco mais de 40 alunos das escolas municipais Giusfredo Santini e Paulo Freire, que fazem parte do Programa Brasil Alfabetizado, terão uma atividade diferenciada nesta quinta-feira (24). Eles irão conhecer a Fortaleza da Barra, que é considerado um dos pontos turísticos mais atrativos da Cidade.

Com faixa etária a partir dos 40 anos, os alfabetizandos, como são denominados os integrantes do Programa, terão acesso a toda estrutura interna da Fortaleza, saberão a parte histórica, além de localização. O passeio é uma realização da Secretaria de Educação, por meio da Diretoria de Programas Estratégicos. As secretarias de Turismo e Cultura apoiam a iniciativa.

No último dia 8, foi a vez dos alfabetizandos da Escola Estadual Luiz Beneditino Ferreira, do Jardim Conceiçãozinha. Além de passar pela Fortaleza, eles lancharam e passaram pela Praia do Tombo. O passeio também permitiu que os alunos conhecessem as atividades do centro comunitário local. Nesta mesma data, os alunos da EM Paulo Freire foram ao cinema no Cine 3 Ferry Boats Plaza.

Para a coordenadora gestora do Programa na Seduc, Régia de Paula da Glória, por se tratar de alunos com mais idade, muitos deles não conhecem a Fortaleza. “São pessoas que geralmente permanecem muito mais em sua comunidade. Alguns alunos passam em frente, mas nunca tiveram a oportunidade de conhecer por dentro. Este nosso trabalho vai muito além do seu bairro”. Além dela, também desenvolve as atividades, a coordenadora Estratégia Pedagógica Maria de Lurdes Cremasco.

O passeio contará como atividade extracurricular, e posteriormente, os alfabetizandos desenvolverão trabalho sobre o passeio. Segundo a secretária de Educação do Município, Priscilla Bonini, “o principal objetivo também é de motivar os alunos e enriquecer o currículo. História nunca é demais, é conhecimento”.

Já no dia 29 de outubro, a mesma atividade ocorrerá com os alunos do Programa da Escola Estadual Professor Galdino Moreira, da Enseada. O Programa Brasil Alfabetizado é uma iniciativa do Governo Federal e coordenado em Guarujá pela Prefeitura. A coordenadora de supervisão do Programa da Prefeitura é Maria de Lourdes Cremasco.

Brasil Alfabetizado – É um programa voltado para a alfabetização de jovens, adultos e idosos. É uma porta de acesso à cidadania e o despertar do interesse pela elevação da escolaridade. O Brasil Alfabetizado é desenvolvido em todo o território nacional, com o atendimento prioritário a municípios que apresentam alta taxa de analfabetismo, sendo que 90% destes localizam-se na região Nordeste. Esses municípios recebem apoio técnico na implementação das ações do programa, visando garantir a continuidade dos estudos aos alfabetizandos.

O intuito é promover a superação do analfabetismo entre jovens com 15 anos ou mais, adultos e idosos e contribuir para a universalização do Ensino Fundamental no Brasil. Sua concepção reconhece a educação como direito humano e a oferta pública da alfabetização como porta de entrada para a educação e a escolarização das pessoas ao longo de toda a vida.

Guarujá – A Secretaria de Educação da Cidade é responsável pela capacitação dos alfabetizadores, pela inscrição dos alfabetizadores e pela organização de todo o processo de alfabetização no Município. O Programa contribui para aumentar a taxa de alfabetização no Município.

Foi iniciado no mês de abril com a capacitação inicial, que contou com a presença de alguns palestrantes voluntários, em um total de 15 dias. Os Núcleos estão distribuídos nas unidades de ensino, Organizações Não-Governamentais (ONG´s) e igrejas. Atualmente, o Município dispõe de 47 núcleos, 38 alfabetizadoras, oito coordenadoras e 682 alunos. A Seduc conta ainda com o apoio do Rotary Club.