Governo de SP vai contratar 10 mil professores para retorno das aulas

As inscrições devem ser feitas até as 23h59 do dia 20 de janeiro; o edital foi publicado na edição da última terça-feira (5) do Diário Oficial

Comentar
Compartilhar
06 JAN 2021Por Gazeta de S. Paulo18h00
Governo de SP anunciou volta às aulas presenciaisFoto: Marcos Santos/USP Imagens

A Secretaria da Educação do Estado de São Paulo vai contratar até 10 mil professores temporários para o retorno das aulas presencias no dia 1º de fevereiro. De acordo com a Pasta, o objetivo é que os profissionais ministrem aulas presencialmente durante todo o ano letivo.

O edital foi publicado na edição da última terça-feira (5) do Diário Oficial. As inscrições devem ser feitas no Banco de Talentos, uma plataforma criada pela secretaria para gerenciar os processos seletivos, a partir das 17h desta quarta-feira até as 23h59 do dia 20 de janeiro.

Segundo o secretário de Educação, Rossieli Soares, o aumento de profissionais é importante pelo tamanho da rede de ensino em São Paulo. “Em uma rede tão grande quanto a nossa, contratar professores é essencial para garantir que tenhamos condições adequadas para o retorno seguro das aulas em todo Estado”.

Durante a inscrição, os candidatos devem indicar as disciplinas que pretendem ministrar e a Diretoria de Ensino que deseja fazer parte. O processo seletivo é classificatório, por pontuação obtida conforme títulos e experiência e os selecionados serão divulgados pelo Banco de Talentos e na SED.