Ampliada para cinco o número de escolas integrais na Baixada Santista

Novo modelo de ensino é uma das ações da Secretaria para que alunos passem mais tempo na escola, como o Vence e o Centro de Estudos de Línguas

Comentar
Compartilhar
27 DEZ 201312h06

Um dos principais programas da Secretaria da Educação do Estado, o novo modelo de escola tempo integral estará disponível em mais uma unidade de ensino na região da Baixada Santista, ampliando para seis o número de escolas que atenderão a 1,1 mil alunos em 2014. Hoje, quatro escolas já oferecem a jornada de nove horas em média, disciplinas eletivas, estrutura com laboratórios e professores com dedicação exclusiva e gratificação salarial de 75% sobre o salário.

Levantamento feito pela Secretaria mostra que o rendimento dos alunos matriculados na modalidade aumentou até 81% em leitura e 71,1% em matemática. A ampliação está entre as ações da Secretaria para aumentar o número de alunos que passam mais tempo na escola.

Além destas unidades, a rede estadual de ensino também conta com jornada ampliada para alunos por meio de programas como o Vence, que oferece ao estudante da rede, de forma simultânea, o Ensino Médio e, no horário oposto, o curso técnico.  Na região, foram oferecidas mais de 2,3 mil vagas em cursos conveniados com a Secretaria, sendo enfermagem e informática os mais procurados pelos estudantes da Baixada Santista. Em todo o Estado, este ano foram 50 mil participantes do Vence e, com a ampliação, o número de vagas para a dupla formação chegará a 100 mil.

"Ampliar a possibilidade de os nossos alunos ficarem mais tempo na escola é um excelente caminho para aprimorar ainda mais a qualidade do ensino e a oferta de atividades focadas na formação pessoal dos estudantes. São ações que fortalecem o elo com as unidades de ensino, com os professores e reforçam o compromisso com a educação integral, pedagógica e social, dos nossos jovens", afirma o secretário da Educação, professor Herman Voorwald.

O novo modelo de escola tempo integral estará disponível em mais uma unidade de ensino da Baixada Santista (Foto: Matheus Tagé/DL)

Outra ação que amplia a permanência dos alunos nas escolas é a oferta de cursos gratuitos nos Centros de Estudos de Línguas, os CELs. Estas unidades proporcionam ao estudante a oportunidade de aprender gratuitamente um novo idioma. Na Baixada Santista, são 10 unidades que oferecem inglês, espanhol, francês e alemão. No total, são atendidos cerca de 68 mil alunos da rede estadual em cursos de espanhol, italiano, francês, alemão, japonês, mandarim e inglês no Estado. No próximo ano a expectativa é atender 75 mil.