X
PARA CONSULTA

Educação SP disponibiliza o sistema que monitora casos de covid-19 nas escolas

Painel Sistema de Informação e Monitoramento da Educação para Covid-19 (Simed) exibe dados dos casos de Covid-19 nas escolas públicas e privadas do estado de São Paulo

Alunos começarão a voltar às aulas presenciais neste mês / Helder Lima / Prefeitura Municipal de Guarujá

A Secretaria da Educação do Estado de São Paulo (Seduc-SP) disponibiliza nesta sexta-feira (22), o Painel Simed (Sistema de Informação e Monitoramento da Educação para Covid-19), para consulta pública e divulgação dos números de casos confirmados para Covid-19, dentro da comunidade escolar. O sistema também traz, pela primeira vez, o cruzamento de dados entre o Simed com os registros do e-SUS Notifica ou Sivep-Gripe do Ministério da Saúde. 

A ferramenta foi desenvolvida no formato Dashboard, com uma síntese dos dados do Simed, reunindo os casos confirmados de Covid-19 de alunos, servidores e trabalhadores terceirizados cadastrados pelas unidades da Educação Básica das redes estadual, municipais e particular submetidas ao Conselho Estadual de Educação.  

O Painel Simed está disponível no site da Seduc-SP.  

"A elaboração do Painel Simed foi possível após a análises do sistema de monitoramento e o cruzamento de dados do sistema da Seduc com os registros do e-SUS Notifica ou Sivep-Gripe do Ministério da Saúde. Foi um trabalho minucioso com todo cuidado para que as informações divulgadas refletissem a realidade dos dados", afirma o Secretário Estadual da Educação, Rossieli Soares. 

O Secretário ainda explicou que os dados do Painel Simed serão atualizados diariamente e a ferramenta vai permitir também interação com o usuário.  "A atualização será diária, com o cruzamento de dados entre o Painel e os sistemas do governo federal. O internauta vai acompanhar quando ocorreu a modificação, em uma área publicada no topo da página. A interação vai além da exibição dos números. Quem consulta a página e percebe alguma inconsistência, pode encaminhar a sua contribuição ou dúvida para a Seduc", disse. 

  

Cenário favorável para a volta às aulas presenciais 

O Painel Simed traz dados das 42 semanas epidemiológicas – 3 de janeiro a 16 de outubro, somando 8.854 casos confirmados, incluindo alunos, servidores e trabalhadores terceirizados. Se comparado o mês de junho, que teve o maior registro de casos confirmados (1.653) incluindo alunos, servidores e trabalhadores terceirizados, em relação a setembro, mês com o menor número de casos, com 431, a queda foi de 73,6%. 

Ainda, os 30 dias de setembro somados as duas primeiras semanas de outubro (45 dias) apontam nova redução em relação a agosto. Com a marca de 459 casos confirmados, o número representa 46,7% de queda em relação ao mês de agosto (30 dias), que registrou 862 casos. Assim, analisando os dados o sistema mostra um cenário favorável, para o retorno às aulas com presença obrigatória. 

Desde a retomada das atividades presenciais, a Seduc-SP empreendeu inúmeros esforços para que a volta às aulas fossem seguras para toda a comunidade escolar. 

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Cotidiano

Semana terá clima maluco, por isso, leve guarda-chuva, protetor solar, casaco, para-raio e um bote

Clima indeciso marcará últimos dias de novembro

Brasil

Bolsonaro participa da formatura de cadetes do Exército na Aman

Os 391 cadetes são do 4º ano da Turma Dona Rosa da Fonseca

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software