X
Educação

'A escola não será mais a mesma', diz secretária de Educação de Santos

Dirigentes educacionais participam de formação sobre ensino híbrido nas escolas municipais da cidade

Dirigentes educacionais participam de formação sobre ensino híbido e novas formas de ensinar os alunos / Divulgação/ PMS

Dirigentes de escolas municipais de oito cidades participaram, na manhã desta quinta-feira (14), da palestra Ensino híbrido - possibilidades e realidades, realizada no Teatro Guarany, em Santos.

Durante mais de uma hora, o professor Ton Ferreira falou sobre o uso de tecnologias, os desafios que a pandemia trouxe, a importância da formação de professores e técnicas para tornar a aula mais atrativa. 

A atividade de formação foi proposta pela União dos Dirigentes Municipais de Educação do Estado de São Paulo (Undime-SP), com o objetivo de dar suporte a secretários de Educação na retomada das atividades presenciais nas escolas. Assistiram à palestra representantes dos municípios de Praia Grande, Guarujá, São Vicente, Bertioga, Registro, Valinhos, Mairiporã e Santos. 

"Temos uma máxima: 'Tecnologia sem metodologia não resolve o problema da educação'. Precisamos pensar como deve ser realizado o processo de formação dos educadores, para que, de fato, a utilização dos recursos tecnológicos faça sentido no dia a dia desse profissional e dos alunos, caso contrário vamos ter equipamentos subutilizados dentro das escolas", disse o professor Ferreira, mestre em Ciências pela USP. 

Nova Dinâmica Escolar

A secretária de Educação e representante do polo Undime em Santos, Cristina Barletta, afirmou que momentos como este são importante para o fortalecimento das cidades. "A escola não será mais a mesma. Novos recursos, novos espaços, rotinas mais flexíveis, metodologias mais ativas, novas maneiras de se comunicar e se relacionar com o outro e de acessar conhecimentos serão incorporados ao processo de ensino e de aprendizagem. Afinal, estamos diante de um processo de mudança e recomposição de saberes de todas as ordens. Um processo que exigirá planejamento e foco para reorganizar a dinâmica escolar, para restabelecer os laços de confiança e recompor as aprendizagens", acrescentou.

Faça parte do grupo do Diário no WhatsApp e Telegram.
Mantenha-se bem informado.

De acordo com a presidente da Undime-SP e dirigente municipal de educação de Mairiporã, Márcia Bernardes, este é um ciclo formativo que está sendo realizado em todas as regiões do Estado. "Estes eventos marcam nossa retomada gradativa às atividades presenciais. Estamos retornando com todos os cuidados. Temos 49 polos em São Paulo e Santos é um deles. Nosso intuito com esta ação é levar palestras, orientações e informações de maneira presencial para os municípios, dando suporte para os secretários de educação e suas equipes", destacou.

A instituição conta com 550 cidades paulistas associadas. O encontro foi realizado em parceria com a empresa Faz Educação.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Mundo

Homem procura hospital com projétil de canhão no ânus e médicos acionam equipe antibomba

O objeto tem 17 cm de comprimento e 6 cm de largura

Santos

Santos realiza caminhada de conscientização sobre HIV/Aids neste sábado

Os pedestres, que devem trajar uma peça de roupa ou acessório na cor vermelha, seguirão até a Praça das Bandeiras

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software