4 milhões de alunos da rede estadual retornam às aulas na segunda-feira

Após recesso antecipado por causa da Copa do Mundo, estudantes voltam à rotina nas 5 mil escolas de todo o Estado; rede fará pausa de uma semana em outubro

Comentar
Compartilhar
11 JUL 201411h00

Na próxima segunda-feira, dia 14 de julho, os 4 milhões de alunos matriculados na rede estadual de ensino retornam às aulas. Neste ano, a Secretaria da Educação do Estado de São Paulo optou por antecipar as férias do meio do ano para junho por causa dos jogos da Copa do Mundo. A mudança no calendário não compromete os 200 dias letivos previstos em lei.

Com o novo cronograma, alunos, professores e servidores também terão uma semana de recesso em outubro, entre os dias 13 e 20. A pausa foi definida pela Coordenadoria de Gestão da Educação Básica (CGEB) da Secretaria para evitar um possível desgaste com um segundo semestre mais longo. O término das aulas está previsto para a segunda quinzena de dezembro.

“A mudança no calendário foi comunicada à rede com antecedência e segue sem interferências nas 91 Diretorias Regionais de Ensino de São Paulo. A orientação é para que os alunos aproveitem os últimos dias em férias para se organizar e não deixem para a última hora a preparação do material”, afirma o secretário da Educação, professor Herman Voorwald.

4 milhões de alunos matriculados na rede estadual de ensino retornam às aulas nesta segunda (Foto: Divulgação)

Matrículas antecipadas começam na próxima semana

A partir do dia 15, a Secretaria da Educação do Estado também abre as matrículas do Ensino Fundamental para 2015. O cadastro é necessário para quem quer entrar na rede pública, municipal ou estadual, no próximo ano. A inscrição dos alunos que já frequentam as unidades de ensino é automática. O período de matrículas para o Ensino Médio está marcado para o fim de agosto e é direcionado aos estudantes que se encontram fora da rede e aqueles que desejam retomar os estudos em 2015.