Vendas cresceram em 7 atividades do varejo, diz IBGE

A principal alta veio do setor de outros artigos de uso pessoal e doméstico, que vendeu 2,4% mais no período. Em agosto o IBGE havia verificado alta de 0,3% sobre julho

Comentar
Compartilhar
13 NOV 201311h58

Sete das dez atividades do varejo registraram vendas maiores no mês de setembro em relação a agosto, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A principal alta veio do setor de outros artigos de uso pessoal e doméstico, que vendeu 2,4% mais no período. Em agosto o IBGE havia verificado alta de 0,3% sobre julho.

Além disso, o setor de artigos farmacêuticos, médicos, ortopédicos e de perfumaria apresentaram alta de 1,3% em setembro ante agosto, contra alta de 1,2% em agosto ante julho. Na sequência, o setor de combustíveis e lubrificantes e o de material de construção (este faz parte do varejo ampliado) cresceram 0,8% cada um, na comparação de setembro ante agosto.

Também cresceram em setembro sobre o mês imediatamente anterior os setores de livros, jornais, revistas e papelaria (0,9%) e de hiper, supermercados, produtos alimentícios, bebidas e fumo (0,6%). O segmento de tecidos, vestuário e calçados apresentou estabilidade na passagem do mês.

Quedas

A principal queda veio do setor de veículos e motos, partes e peças, que faz parte do varejo ampliado. Em setembro ante agosto, as vendas caíram 5,1%. Em agosto contra julho, o resultado havia sido de alta de 1,1%.

Também cresceram em setembro os setores de livros, jornais, revistas e papelaria e de hiper, supermercados, produtos alimentícios, bebidas e fumo  (Foto: Luiz Torres/DL)

Também apresentaram vendas menores os setores de equipamentos e materiais para escritório, informática e comunicação (-0,7%) e o de móveis e eletrodomésticos (-0,2%) na passagem do mês.