Serasa: cresce em novembro total de cheques sem fundos

Já na comparação entre os acumulados do ano, os cheques devolvidos seguem estáveis. De janeiro a novembro, houve 2,01% de devoluções, assim como em igual período de 2012

Comentar
Compartilhar
18 DEZ 201312h22

A devolução de cheques por falta de fundos atingiu 2% do total em novembro, o que representou 1,31 milhão dos 65,67 milhões emitidos no Brasil no mês passado, segundo indicador divulgado nesta quarta-feira, 18, pela Serasa Experian. O resultado representa uma alta sobre o 1,96% tanto de outubro quanto de novembro de 2012.

Já na comparação entre os acumulados do ano, os cheques devolvidos seguem estáveis. De janeiro a novembro, houve 2,01% de devoluções, assim como em igual período de 2012. Segundo os economistas da Serasa Experian, a alta recente na inadimplência com cheques é reflexo do período mais intenso de compras por causa da aproximação das festas de fim de ano e ainda devido ao acúmulo de sucessivas elevações do custo do crédito com o aumento dos juros.

De janeiro a novembro, Roraima liderou o ranking dos Estados que mais apresentaram cheques sem fundos, com 10,79% de devoluções. O Amazonas é o Estado com menos cheques devolvidos, com 1,38% do total. Entre as regiões, a Norte foi a que registrou o maior porcentual de cheques devolvidos (4,37%) e a Sudeste, o menor (1,56%).

A devolução de cheques por falta de fundos atingiu 2% do total em novembro, o que representou 1,31 milhão dos 65,67 milhões emitidos no Brasil no mês passado (Foto: Divulgação)