X
Economia

Rede social almeja ensinar primeiros passos a novos empreendedores

Com o aumento no número de desempregados, devido à crise causada pelo coronavírus, o próprio negócio tem sido a alternativa para várias famílias brasileiras

Segundo a instituição, após ter ideia do novo negócio, o primeiro passo é avaliar o mercado que se pretende entrar / John Schnobrich/Unsplash

De acordo com uma pesquisa da Global Entrepreneurship Monitor (GEM), divulgada pelo Sebrae e Instituto Brasileiro de Qualidade e Produtividade (IBQR), empreender ocupa o quarto lugar na lista de desejos entre os brasileiros, ficando atrás de comprar uma casa, comprar um carro e viajar.

Com o aumento no número de desempregados, devido à crise causada pelo coronavírus, o próprio negócio tem sido a alternativa para várias famílias brasileiras. Observando este cenário, o MeuVizinho.me, rede social de consumo local, listou os primeiros passos para empreender do zero.

Segundo a instituição, após ter ideia do novo negócio, o primeiro passo é avaliar o mercado que se pretende entrar e analisar quais são as principais oportunidades, ameaças, concorrentes e qual o diferencial do seu negócio perante o mercado já existente. Todas essas perguntas devem ser respondidas, de maneira sincera, para que o empreendedor embarque na iniciativa sabendo as principais fortalezas e fraquezas do seu empreendimento. 

Ajudar a definir o objetivo também é um dos destaques da rede social assim como deixar pré-estabelecidas metas trimestrais ou semestrais da sua empresa, para não perder o foco, enquanto se compreende quem é o público-alvo para atingí-lo com mais facilidade.

A rede social também destaca que um investimento no online, podendo até mesmo cadastrar a empresa no próprio MeuVizinho.me, é um passo importante enquanto se faz um planejamento financeiro e se dá os primeiros passos com o que o empreendedor tiver em mãos.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Polícia

Mais de 200 mil maços de cigarro são apreendidos pela PRF na Régis Bittencourt

Uma equipe de policiais solicitou a parada de um caminhão, porém o condutor do veículo não obedeceu de imediato, parando o caminhão cerca de 1 quilômetro adiante

Saúde

Saúde ampliou condições especiais em contrato de entrega de vacinas infantis

Um contrato é para o armazenamento de vacinas da Pfizer contra a Covid-19, e o outro, para o transporte, ambos numa temperatura de -90ºC a -60ºC. O valor dos serviços é de R$ 62,2 milhões

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software