Preço do etanol sobe em 16 Estados na semana, revela ANP

Na semana anterior, os preços do biocombustível haviam subido em 21 Estados e no Distrito Federal e caído em outros cinco Estados

Comentar
Compartilhar
04 ABR 201416h34

Os preços do etanol hidratado nos postos brasileiros subiram em 16 Estados, caíram em seis e no Distrito Federal e permaneceram estáveis em outros quatro na semana encerrada nesta sexta-feira, 4 mostram dados da Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). No período de um mês, os preços do etanol subiram em 25 Estados e no Distrito Federal e caíram apenas no Acre. Na semana anterior, os preços do biocombustível haviam subido em 21 Estados e no Distrito Federal e caído em outros cinco Estados.

Em São Paulo, principal Estado consumidor, a cotação subiu 0,10% na última semana, ante 0,05% no período anterior, para R$ 2,069 o litro. No período de um mês, acumula alta de 1,32%. Na semana, o maior recuo das cotações foi registrado em Rondônia (0,67%), enquanto que a maior alta ocorreu no Maranhão (2,01%). No mês, os preços subiram mais no Distrito Federal (13,45%) e caíram mais no Acre (0,52%).

No Brasil, o preço mínimo registrado para o etanol foi de R$ 1,729 o litro, no Estado de São Paulo, e o máximo foi de R$ 3,15/litro, no Pará. Na média, o menor preço foi de R$ 2,069 o litro, em São Paulo. O maior preço médio foi verificado no Amapá, de R$ 2,85 o litro.

O etanol continuou sem competitividade ante a gasolina em todos os Estados do País e também no Distrito Federal na semana encerrada hoje, segundo dados da ANP compilados pelo AE-Taxas. É a terceira semana consecutiva sem competitividade.

Os preços do etanol hidratado nos postos brasileiros subiram em 16 Estados (Foto: Divulgação)

Segundo o levantamento, a gasolina está mais vantajosa principalmente no Amapá, onde o etanol custa o equivalente a 96,06% do preço dela - a relação é favorável ao biocombustível quando está abaixo de 70%. O preço médio da gasolina em São Paulo está em R$ 2,898 o litro.