X
Economia

Poupança fecha 2017 com saldo positivo após dois anos no vermelho

No ano, o saldo final da poupança ficou em R$ 724,6 bilhões

Somente em dezembro, a caderneta teve R$ 208,6 bilhões de depósitos, contra R$ 189,2 bilhões de saques / Divulgação

Os depósitos na poupança superaram os resgates em 2017 e a caderneta voltou a fechar um ano no azul, após registrar captação líquida negativa em 2015 e 2016, segundo dados do Banco Central divulgados nesta sexta (5).

A captação líquida na poupança fechou o ano passado em R$ 17,13 bilhões, maior saldo positivo desde 2014.
Somente em dezembro, a caderneta teve R$ 208,6 bilhões de depósitos, contra R$ 189,2 bilhões de saques.

No ano, o saldo final da poupança ficou em R$ 724,6 bilhões.

A recuperação da captação líquida da poupança ocorre em um contexto de inflação sob controle, retomada da economia brasileira e injeção de recursos na economia com a liberação das contas inativas do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) e do PIS/Pasep para idosos.

A queda da taxa básica de juros da economia abaixo de 8,5% ao ano ativou o gatilho que diminui a rentabilidade da caderneta. Agora, a poupança rende 70% da Selic -mensalizada- mais TR (Taxa Referencial).

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Esportes

Taça das Favelas Guarujá abre inscrições

Torneio promete mobilizar mais de mil adolescentes de comunidades da cidade

Cotidiano

Travessias Litorâneas não terão tarifas reajustadas pelo quarto ano consecutivo

Governo de SP mantém investimentos constantes nas travessias, garantindo mais agilidade e confiabilidade

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software