X
Economia

Petrobras anuncia altas de 1,12% para a gasolina e de 1,13% para o diesel

A nova política de revisão de preços foi divulgada pela petroleira no dia 30 de junho de 2017

Em vez de esperar um mês para ajustar seus preços, a Petrobras agora avalia todas as condições do mercado para se adaptar, o que pode acontecer diariamente / Marcelo Camargo/Agência Brasil

A Petrobras anunciou que, com o reajuste que entrará em vigor no sábado, 21, o preço médio do litro da gasolina A sem tributo nas refinarias será de R$ 1,7391, com acréscimo de 1,12% em relação a média atual, de R$ 1,7199. Já o valor médio nacional do litro do diesel A subiu para R$ 2,0045, 1,13% maior que o de R$ 1,9822. 

A nova política de revisão de preços foi divulgada pela petroleira no dia 30 de junho de 2017. Com o novo modelo, a Petrobras espera acompanhar as condições do mercado e enfrentar a concorrência de importadores.

Em vez de esperar um mês para ajustar seus preços, a Petrobras agora avalia todas as condições do mercado para se adaptar, o que pode acontecer diariamente. 

Além da concorrência, na decisão de revisão de preços, pesam as informações sobre o câmbio e as cotações internacionais.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Eleições 2022

Moro quer retomar itens do pacote anticrime em reforma do Judiciário

Entre as ideias debatidas, estão o reforço de orientações à Advocacia-Geral da União para evitar recursos excessivos em processos, a criação de uma arbitragem para costurar acordos com devedores de impostos e até mesmo a restrição da Justiça gratuita

Cubatão

Servidor deve entregar declaração de bens até 28 de fevereiro

Quem perder o prazo pode ter o salário suspenso até a entrega do documento

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software