Número de endividados cai, mas inadimplência cresce no país, diz pesquisa

O percentual de famílias endividadas no país ficou em 58,7% em maio deste ano, segundo a Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic)

Comentar
Compartilhar
24 MAI 2016Por Agência Brasil12h50
Número de endividados cai, mas inadimplência cresce no país, diz pesquisaNúmero de endividados cai, mas inadimplência cresce no país, diz pesquisaFoto: Arquivo/DL

O percentual de famílias endividadas no país ficou em 58,7% em maio deste ano, segundo a Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic), divulgada hoje (24) pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC). A taxa é menor do que as de abril deste ano (59,6%) e de maio do ano passado (62,4%). É também o resultado mais baixo desde fevereiro de 2015 (57,8%).

Por outro lado, a inadimplência cresceu em maio deste ano, já que o percentual de famílias com dívidas ou contas em atraso passou de 23,2% em abril deste ano para 23,7% neste mês. A taxa de maio deste ano também é superior àquela observada em maio de 2015 (21,1%).

O percentual de famílias que não terão condições de pagar suas contas também cresceu e chegou a 9% em maio deste ano. Em abril, a taxa havia ficado em 8,2% e, em maio do ano passado, em 7,4%.

As famílias que se consideram muito endividadas chegaram a 14,9% do total de pessoas com dívidas no país, maior percentual desde dezembro de 2011 (15,4%). A média do tempo com pagamento em atraso ficou em 62,6 dias.