Mês de maio tem alta nas vendas, importação e produção de veículos

A tendência é de que o setor continue aquecido por um bom tempo

Comentar
Compartilhar
24 JUN 2019Por Folhapress10h35
A produção de veículos em maio de 2019 foi 29,9% maior em relação ao mesmo período de 2018Foto: Rodrigo Czekalski/DAF Caminhões

Os números do setor automotivo foram muito positivos no mês de maio: produção, vendas, importação e exportação cresceram em relação ao mesmo período do ano passado, o que mostra um bom panorama para o futuro.

Se os números se mantiverem assim, a tendência é de que o setor continue aquecido por um bom tempo, o que é positivo para os fabricantes, distribuidores, clientes e o mercado como um todo, além de empresas de acessórios e outras relacionadas ao setor.

Mês de maio foi favorável para o setor automobilístico

Conforme a Associação Nacional de Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), a produção de veículos em maio de 2019 foi 29,9% maior em relação ao mesmo período de 2018. Foram 275,7 mil unidades montadas em comparação com as 212,3 mil produzidas em maio do ano passado. Na comparação com abril de 2019, o aumento foi de 3,1%.

Os indicativos também foram positivos para o mercado interno: entre os meses de janeiro e maio de 2019, a venda de automóveis cresceu 12,5%. O presidente da Anfavea afirma que a produção só não acompanha esses números devido à queda das exportações para a Argentina.

A venda de veículos foi um pouco menor que a produção, embora ainda tenha apresentado um crescimento significativo de 21,6%. Foram adquiridos 358.470 veículos zero quilômetros no mês de maio, entre carros, motos, caminhões, ônibus e comerciais leves, de acordo com a Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave).

Dados de outra entidade, a Federação Nacional das Associações de Revendedores de Veículos Automotores (Fenauto), mostram que o mês de maio foi positivo também para os automóveis usados, cujas vendas cresceram por volta de 8,6% em relação ao último mês de abril.

Na comparação com maio de 2018, as vendas aumentaram 4,4%, ao passo que o acumulado de janeiro a maio de 2019 cresceu 1,6% quando comparado ao mesmo período do ano passado.

Mesmo que a Argentina tenha enfrentado uma crise que teve impacto direto sobre o Brasil, isso pelo fato de ser um dos maiores importadores do país, as vendas de automóveis para outros países foram 20,7% maiores em maio quando comparadas a abril.

A Associação Brasileira das Empresas Importadoras e Fabricantes de Veículos Automotores (Abeifa) ainda afirmou que as importações cresceram 4,9% em maio em relação ao mês de abril.

O presidente da Abeifa disse que a alta do dólar e a falta de confiança do consumidor na moeda do Brasil tiveram influência nas vendas de importados. Contudo, ainda assim, houve resultados positivos no setor.

Bons números impactam em outros setores

Tamanho aquecimento no setor de automóveis faz com que outras áreas relacionadas também possam esperar bons números, como é o caso das empresas de acessórios automotivos, com destaque para as que oferecem equipamentos de som, muito apreciados pelos brasileiros.

Depois da aquisição dos novos veículos, é uma ótima opção investir em personalização, alto-falantes, amplificadores e todos os outros aparelhos e acessórios que pertencem a esse universo. Considerando-se que alguns consumidores buscam otimizar detalhes dos veículos, o mais comum deles é a alteração do som de fábrica para um som mais profissional que consiga entregar uma qualidade e experiência sonora mais agradáveis.

A ViniSound é a empresa ideal para o início de um projeto de som automotivo, você pode adquirir players e aparelhos específicos para a montagem, caixa trio Tornado, também conhecida como caixa trio JBL, a qual pode melhorar a qualidade de som do automóvel, bem como outros itens da mais alta qualidade e com o melhor custo-benefício aos clientes.

Colunas

Contraponto