Inflação pelo IPC-S avança em cinco das sete capitais pesquisadas pela FGV

Segundo a Fundação Getulio Vargas, a maior alta na última semana, em comparação com a anterior, foi registrada em Porto Alegre

Comentar
Compartilhar
01 NOV 2017Por Folhapress13h30
A inflação medida pelo IPC-S avançou de 0,29% para 0,33%Foto: Arquivo/DL

A inflação medida pelo IPC-S (Índice de Preços ao Consumidor Semanal) avançou de 0,29% para 0,33% entre a semana encerrada em 22 de outubro e a que terminou nesta terça (31), com alta em cinco das sete capitais pesquisadas pelo Ibre (Instituto Brasileiro de Economia) da FGV (Fundação Getulio Vargas). As informações são da Agência Brasil.

Segundo a FGV, a maior alta na última semana, em comparação com a anterior, foi registrada em Porto Alegre: a taxa subiu 0,15 ponto percentual entre as duas semanas e fechou em 0,51%. Tiveram destaque na aceleração os grupos habitação e alimentação, cujas taxas passaram de 0,21% para 0,79% e de 0,54% para 0,78% respectivamente.

Aparecem ainda com aceleração de preços São Paulo (de 0,40% para 0,43%), Recife (de 0,2% para 0,22%) e, com índices iguais, Brasília e Salvador (de 0,14% para 0,21%).

Ocorreu desaceleração de preços, entre as semanas encerradas em 22 e em 31 de outubro, no Rio de Janeiro (0,12%, desaceleração de 0,04 ponto percentual), menor índice do país; e em Belo Horizonte, onde o IPC-S passou de 0,47% para 0,44% -ainda assim, a capital mineira registrou o segundo maior IPC-S.