E-commerce no Litoral registra maior queda da participação no varejo

A região apresentou uma queda de 1,3 ponto porcentual em relação ao mesmo período do ano passado

Comentar
Compartilhar
18 JUN 2016Por Da Reportagem00h30
O Litoral apresentou a maior queda na participação do e-commerce no varejo restritoO Litoral apresentou a maior queda na participação do e-commerce no varejo restritoFoto: Divulgação

O Litoral apresentou a maior queda na participação do e-commerce no varejo restrito (que não considera o faturamento dos setores de material de construção, autopeças e acessórios e concessionárias de veículos) entre as 16 regiões analisadas pela FecomercioSP/E-Bit no primeiro trimestre de 2016, a qual passou de 4,7% para 3,4% na comparação com o mesmo período do ano passado – queda de 1,3 ponto porcentual.

Com relação ao faturamento real (já descontada a inflação), o comércio eletrônico na região atingiu R$ 155,9 milhões no primeiro trimestre do ano, queda de 17% em relação a 2015. No período foram mais de 388 mil pedidos, com tíquete médio de R$ 400,70.

A Pesquisa Conjuntural do Comércio Eletrônico FecomercioSP/E-bit traça as comparações entre o faturamento mensal do e-commerce e das lojas físicas no Estado, segmentadas em 16 regiões. Também são disponibilizados dados sobre os números de pedidos, tíquete médio e variações reais das vendas do setor.