Entrada de dólares no País supera saída em US$ 3 bilhões no início de março

Na sexta-feira, 6, dos dias 2 a 5, portanto com um dia a menos do que a divulgação desta quarta-feira, 11, o resultado ficou no azul em US$ 2,7 bilhões

Comentar
Compartilhar
11 MAR 201514h35

Após entradas de US$ 3,903 bilhões em janeiro e "devolução" de US$ 1.142 bilhão em fevereiro, o mês de março registra fluxo cambial positivo de US$ 3,019 bilhões em sua primeira semana, de acordo com dados divulgados pelo Banco Central. Na sexta-feira, 6, dos dias 2 a 5, portanto com um dia a menos do que a divulgação desta quarta-feira, 11, o resultado ficou no azul em US$ 2,7 bilhões, levando em conta o resultado do câmbio liquidado.

As operações financeiras voltaram a liderar os ingressos de recursos nos primeiros dias de março. Somaram US$ 1,972 bilhão, já descontados os envios. Chegaram ao País por esse canal US$ 14 773 bilhões, enquanto US$ 12,802 bilhões deixaram o território nacional. A área financeira reúne investimentos estrangeiros diretos e em carteira, remessas de lucros e pagamento de juros, entre outras operações.

Já no comércio exterior, o saldo ficou positivo em US$ 1,048 bilhão de 2 a 6 de março, com importações de US$ 2,561 bilhões e exportações de US$ 3,609 bilhões. Nas exportações, estão contabilizados US$ 685 milhões em Adiantamento de Contrato de Câmbio (ACC), US$ 614 milhões em Pagamento Antecipado (PA) e US$ 2,310 bilhões em outras operações.

A entrada de dólares no País supera a saída em US$ 3 bilhões no início de março (Foto: Divulgação)

Ano

No acumulado do ano até o dia 6 de março, o volume de entradas de dólares está US$ 5,780 bilhões maior do que o de saídas. Em igual período de 2014, o fluxo estava positivo em US$ 4,200 bilhões. No primeiro bimestre deste ano, o resultado era positivo (US$ 2,760 bilhões), mas menor do que os US$ 3,903 bilhões vistos no primeiro mês de 2015.

O saldo acumulado de 2015 até agora é resultado de entradas líquidas de US$ 3,682 bilhões da área financeira, com chegadas de US$ 102,731 bilhões e envios de US$ 98,352 bilhões no período. No comércio exterior, o saldo anual até 6 de março ficou positivo em US$ 1,400 bilhão, com importações de US$ 29 977 bilhões e exportações de US$ 31,378 bilhões. Nas exportações estão incluídos US$ 6,492 bilhões em Adiantamento de Contrato de Câmbio (ACC), US$ 6,124 bilhões em Pagamento Antecipado (PA) e US$ 18,761 bilhões em outras operações.