X
RENOVAÇÃO

Economia circular traz benefícios exclusivos para vida dos bens de consumo

A economia circular está presente em diversos setores, desde a compra e venda de roupas em brechós até a utilização de embalagens retornáveis

As empresas que colocam em prática a economia circular conseguem ter uma valorização institucional / Nair Bueno/DL

A economia circular nada mais é do que um modelo de produção e consumo que envolve a reutilização, reparação, renovação e reciclagem de produtos, ao invés de simplesmente descartá-los. Dessa maneira, o ciclo de vida dos bens de consumo é aumentado, diminuindo a quantidade de resíduos e passando a utilizar recursos naturais com mais consciência, preservando o meio ambiente.

Faça parte do grupo do Diário no WhatsApp e Telegram.
Mantenha-se bem informado.

A economia circular está presente em diversos setores, desde a compra e venda de roupas em brechós até a utilização de embalagens retornáveis, por exemplo. Pensando em ajudar quem deseja começar a inserir esse tipo de economia na rotina, o Instituto Devolver, organização sem fins lucrativos que apoia mais de 22 mil crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social, lista os 4 principais benefícios dessa iniciativa.

REDUÇÃO DE CUSTOS.
Este é, sem dúvidas, o fator principal para as empresas, que normalmente gastam altos valores para enviar resíduos aos aterros - com a utilização da economia circular, é possível reduzir este custo. Além disso, o consumidor também consegue economizar quando compra produtos reutilizados e/ou reciclados, já que costumam ser mais baratos e com a mesma qualidade.

MENOS GASES ESTUFA.
O aumento de gases de efeito estufa na atmosfera, devido às atividades humanas ligadas à indústria, agropecuária e desmatamento, e o crescimento do uso dos transportes são os principais causadores do aquecimento global. Ao colocar em prática a economia circular, é possível diminuir a emissão de gases do efeito estufa, já que será reduzida a quantidade de resíduos enviados aos aterros sanitários.

VALORIZAÇÃO DA MARCA.
As empresas que colocam em prática a economia circular conseguem ter uma valorização institucional da sua marca, atraindo investidores e consumidores que prezam pela consciência ambiental.

DESENVOLVIMENTO.
Com a redução de extração de recursos naturais, é possível ter um desenvolvimento econômico mais sustentável e que, ao mesmo tempo, gere novos modelos de negócio, com mais oportunidades, competitividade e geração de empregos. Isso é feito, por exemplo, quando grandes empresas criam novos produtos e tecnologias, como rações feitas a partir de restos de crustáceos e amaciantes produzidos com resíduos das indústrias de cosméticos.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Polícia

Sindpesp aciona a Justiça contra a Operação Sufoco

A medida determina que os policiais devem trabalhar mais, em seus períodos de folga, para combater a criminalidade no Estado de São Paulo

Cotidiano

Justiça Federal leiloa 130 imóveis com descontos de até 50%

Com lances virtuais por meio do site da Fidalgo Leilões, eventos também disponibilizam veículos, máquinas e equipamentos gerais; bens imobiliários estão distribuídos no estado de SP e têm preços mínimos a partir de R$ 12,5 mil

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software