X

Economia

Conta de luz, gás e alimentos pressionam inflação em São Paulo

Entre os sete grupos pesquisados, os que mais influenciaram o avanço foram o de alimentação e habitação

Agência Brasil

Publicado em 27/04/2017 às 13:00

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Conta de luz, gás e alimentos pressionam inflação em São Paulo / Arquivo DL

O Índice de Preços ao Consumidor (IPC), medido pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), na cidade de São Paulo, apresentou alta de 0,56% na terceira quadrissemana de abril, ficando acima da variação apurada na segunda prévia do mês (0,43%). Entre os sete grupos pesquisados, os que mais influenciaram o avanço foram o de alimentação e habitação.

Apesar de ter indicado queda na velocidade de alta ao passar de um aumento de 1,07% para 1,06%, o conjunto dos alimentos inclui alguns itens com correção que sempre comprometem o orçamento doméstico. Entre eles, estão as carnes com variações entre 1,3% (frango); 2,62% (bovinos) e 2,78% (suínos). Também subiram, no período, os preços dos pescados (3,46%) e do café em pó (1,2%).

Em relação ao grupo habitação, que subiu de 0,48% para 0,55%, entre as influências de altas estão o gás de cozinha (4,63%) e a energia elétrica (2,03%).

Além desses dois grupos, em saúde a taxa acelerou de 1,18% para 1,35%. Também ganhou força o índice em despesas pessoais (de 0,28% para 0,51%) e, em transportes , diminuiu a intensidade de queda (de -0,61% para -0,16%).

Nos demais grupos houve queda de 0,08% em vestuário ante um recuo de 0,11% e, em educação, a taxa passou de 0,11% para 0,17%. O IPC da Fipe mede as oscilações de produtos e serviços consumidos pelas famílias com renda entre um e dez salários mínimos.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Oportunidade

Praia Grande oferece 50 vagas gratuitas para oficina de fotografia

Inscrições começam na próxima segunda (22), no Palácio das Artes

COPA DO BRASIL

Sorteio define mandos das semis da Copa do Brasil; veja quem decidirá em casa

É a primeira vez na história que uma competição de cunho nacional terá a decisão das semis sendo do eixo Rio-SP, com 2 de cada estado

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software