CNC: endividamento das famílias cai para 61% em março

Em fevereiro, o porcentual estava em 62,7%. O resultado ficou abaixo do verificado em março de 2013, quando 61,2% das famílias relataram ter dívidas

Comentar
Compartilhar
25 MAR 201413h09

O porcentual de famílias endividadas caiu a 61,0% em março, mostrou a Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic), da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC). Em fevereiro, o porcentual estava em 62,7%. O resultado ficou abaixo do verificado em março de 2013, quando 61,2% das famílias relataram ter dívidas.

"A alta do custo do crédito induz a uma postura mais cautelosa das famílias ao contratar e renovar empréstimos e financiamentos. Juros mais altos e ganhos de renda mais modestos levam a condições menos favoráveis para o endividamento", diz a CNC em nota.

Já a inadimplência registrou alta em março, para 20,8%, ante 19,7% em fevereiro. Em março de 2013, o porcentual de famílias com dívidas em atraso ficou em 19,5%.

"A elevação do porcentual de famílias com contas em atraso no primeiro trimestre do ano é influenciada pela sazonalidade do período e reforçada pelo maior comprometimento médio de renda que as famílias endividadas relataram ter este ano", diz a nota da CNC.

O porcentual de famílias endividadas caiu a 61,0% em março (Foto: Divulgação)