Banner gripe

Cesta básica paulistana subiu 0,62% na semana, revela Procon-SP

Com o resultado, a cesta básica na capital paulista acumula queda de 0,10% em fevereiro e alta de 12,14% nos últimos 12 meses

Comentar
Compartilhar
12 FEV 201516h58

Após cair 0,86% na medição anterior, o preço médio da cesta básica paulistana subiu 0,62% nos últimos sete dias terminados nesta quinta-feira, 12, aponta pesquisa da Fundação Procon-SP realizada em parceria com o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese). Com o resultado, a cesta básica na capital paulista acumula queda de 0,10% em fevereiro e alta de 12,14% nos últimos 12 meses.

O preço médio do conjunto de alimentos passou de R$ 417,89, em 5 de fevereiro, para R$ 420,41, nesta quinta-feira. Entre os três grupos analisados, apenas Alimentação apresentou inflação (1 23%) no período. Limpeza e Higiene Pessoal tiveram deflação de 2 94% e 1%, respectivamente. Dos 31 produtos pesquisados, 13 registram alta nos preços, 15 diminuíram e três permaneceram estáveis.

O preço médio da cesta básica paulistana subiu 0,62% nos últimos sete dias (Foto: Divulgação)

Entre 5 e 12 de fevereiro, os produtos cujos preços mais subiram foram cebola (8,30%), batata (5,74%), carne de segunda sem osso (5,60%), ovos brancos (5,49%) e frango resfriado inteiro (1 56%). Já aqueles com as maiores quedas foram sabão em pó (-5 84%), desodorante spray (-4,58%), biscoito maisena (-1,91%), queijo mussarela fatiado (-1,85%) e leite em pó integral (-1 74%).

Colunas

Contraponto