X
Economia

Black Friday requer atenção de lojistas para evitar problemas e atrair clientes

Neste ano, os desafios serão ainda maiores, já que estamos passando por um período de crise econômica

Neste ano, os desafios da Black Friday serão ainda maiores / Renato S. Cerqueira/Futura Press/Folhapress

A Black Friday é um momento muito importante para os lojistas e, ao mesmo tempo, extremamente desafiador. Afinal, como ser competitivo e oferecer descontos em um mercado cada vez mais acirrado? Como atrair consumidores com tantas ofertas disponíveis? Neste ano, os desafios serão ainda maiores, já que estamos passando por um período de crise econômica e está mais difícil negociar com fornecedores, já que, desde as matérias-primas dos produtos até as embalagens subiram de preço.

Pensando em ajudar quem já começou a se preparar para a Black Friday, o Magis5, Hub de Integração e Automação para vender em marketplaces, lista as seis principais dicas para evitar erros e obter sucesso no período.

Faça parte do grupo do Diário no WhatsApp e Telegram.
Mantenha-se bem informado.

Black Fraude
Esse é, sem dúvida, um dos erros mais comuns e o pior de todos. Não tente, de maneira nenhuma, enganar o consumidor com promoções falsas. Você não só queimará o filme da sua empresa como se prejudicará o resto do ano inteiro! Sabemos o quanto é difícil fidelizar clientes e, numa tentativa de sair lucrando, pode perdê-los rapidamente, e de maneira irreversível.

Escolha os produtos certos
Sabemos que a Black Friday é realizada para o cliente comprar mais barato, mas, ao mesmo tempo, o lojista também precisa sair satisfeito. O maior foco dos consumidores no período são promoções vantajosas e chamativas e, justamente por isso, não há necessidade de colocar todos os seus produtos na promoção. Escolha aqueles que tenha negociado um bom preço com o   fornecedor, que possuem mais dificuldade de sair, e os venda com um desconto que chame a atenção. Mas não há motivo nenhum para colocar desconto nos itens curva A, ou seja, aqueles que se vendem sozinhos, o ano inteiro, por um preço mais alto. Este é o momento de ser estratégico!

Atendimento ao cliente
O atendimento ao cliente deve ser a principal prioridade durante o ano inteiro, e isso não seria diferente na Black Friday. Leve sempre em consideração as reclamações, considerações e necessidades do consumidor, pois, apenas dessa maneira, irá fidelizar e atrair novos clientes para o seu e-commerce. Ah, detalhe super importante: seja omnichannel - o consumidor precisa te encontrar em múltiplos canais de atendimento, como telefone, redes sociais e e-mail.  

Estoque
O planejamento e o controle de estoque são pontos-chave para uma Black Friday de sucesso. O seu estoque para o período deve ser feito durante todo o ano, aproveitando os momentos ideais, para comprar dos fornecedores certos, por um preço super acessível e revender, com desconto, mas com grande margem de lucro.  

Site 
Um grande erro durante a Black Friday é não preparar o seu e-commerce para suportar o aumento no número de acessos, já que, durante o período, a tendência é o tráfego crescer até seis vezes em comparação com os dias comuns. Para evitar situações indesejáveis, o ideal é preparar o site, checar seus servidores para suportar o tráfego recebido, caso seja necessário. 

Divulgação e canais de venda
Por último, mas não menos importante, o que com certeza pode prejudicar as suas vendas é não divulgar as promoções do seu e-commerce. Não adianta nada se preparar para ser super competitivo durante a Black Friday e as suas promoções não chegarem ao consumidor final. Por isso, aposte em um bom planejamento de marketing específico para o período e organize, com antecedência, todas as publicações e os canais mais adequados para cada uma. 

Além disso, invista pesado na capilaridade dos seus canais de venda: marketplaces, e-commerce próprio, redes sociais e afiliados. Essa estratégia irá te ajudar a aumentar as suas vendas de forma significativa.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Prazo para Prefeitura de Santos eliminar cargos comissionados chega ao fim

Segundo Portal da Transparência, a Prefeitura mantém 319 comissionados e 10.882 funcionários de carreira (concursados)

Transporte público pode parar em Cubatão

A Viação Fênix, que opera o transporte coletivo no Município, não assinou, até esta segunda-feira (25), o acordo coletivo acertado verbalmente com o Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software