X
Economia

BC não quer acabar com parcelamento sem juros no cartão pelo lojista, diz Ilan

O presidente do Banco Central afirmou que a autoridade monetária trabalha para reduzir distorções no mercado de cartão de crédito e os custos do sistema

Banco Central não quer acabar com parcelamento sem juros no cartão pelo lojista / Marcos Santos/USP Imagens

O presidente do Banco Central, Ilan Goldfajn, afirmou que a autoridade monetária trabalha para reduzir distorções no mercado de cartão de crédito e os custos do sistema, mas ressaltou que não há planos para se acabar com o parcelamento sem juros no cartão, como chegou a ser noticiado. "O consumidor precisa saber que o parcelamento tem juros, nada é de graça", disse, ao responder perguntas de empresários em evento da Câmara Espanhola de Comércio no Brasil. 

"Estamos tentando mexer no sistema para eliminar distorções", disse Ilan. Na apresentação ele ressaltou que o BC quer estimular o uso de meios eletrônicos de pagamentos, como o cartão, para substituir o papel moeda. O meio é mais eficiente e ajuda a evitar coisas como a lavagem de dinheiro, segundo ele. 

Ao falar da necessidade de financiamento de longo prazo, Ilan mencionou que inflação baixa e estabilidade macroeconômica são um "insumo" importante para permitir que este mercado se desenvolva. O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) vai continuar tendo seu papel, mas o mercado de capitais deve ganhar peso como financiador para projetos de infraestrutura, disse ele.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Mundo

Recife de coral raro é achado em grandes profundidades por missão da Unesco

O recife que são animais, vale lembrar encontrado tem cerca de 3 km de extensão, com larguras entre 30 e 65 metros

Cotidiano

Incêndio atinge apartamento no Embaré, em Santos

As chamas no imóvel teriam começado por volta das 10h30, na Rua Castro Alves

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software