Economia

Alagamentos no Sul podem deixar arroz e a cebola mais caros; entenda por quê

Maior produtor de arroz do Brasil, o Rio Grande do Sul ainda não tinha colhido 100% da safra anual do cereal quando as chuvas caíram

Da Reportagem

Publicado em 12/05/2024 às 08:15

Atualizado em 12/05/2024 às 08:36

Comentar:

Compartilhe:

Chuvas que atingem o Rio Grande do Sul podem afetar o preço do arroz, da cebola e do trigo / Agência Brasil

A coluna Repórter da Terra deste domingo (12) fala sobre as chuvas que atingem o Rio Grande do Sul e como isso pode afetar o preço do arroz, da cebola e do trigo.

No caso do arroz, por exemplo, sendo o maior produtor do cereal do Brasil, o Rio Grande do Sul ainda não tinha colhido 100% da safra anual. E ainda não se sabe ao certo qual a dimensão dos estragos nas lavouras que ainda não tinham sido colhidas.

O estado chegou ao número de 136 mortos em razão dos temporais e cheias. Cerca de 441,3 mil pessoas fora de casa. Desse total, são 71,3 mil pessoas em abrigos e 339,9 mil pessoas desalojadas (na casa de parentes ou amigos).

Saiba como isso pode pesar no seu bolso. Acesse clicando aqui.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Nacional

Litoral de SP é cenário perfeito para avistamento de baleias; veja praias e regras

Segundo o Ministério do Turismo, a prática atrai, aproximadamente, dez mil turistas por ano e movimenta cerca de R$ 3 milhões

Bertioga

Com custeio do Estado, Hospital de Bertioga atenderá todo Litoral de SP

Governador visitou as obras do novo complexo hospitalar e confirmou o compromisso do governo estadual

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter