Diário Mais

Prostituta relembra prazeres ao redor do Porto de Santos, no litoral de SP

O auge das casas noturnas devassas e dos clubes onde rolava de tudo foi entre os anos 50 e início dos anos 80

Da Reportagem

Publicado em 09/07/2024 às 10:25

Atualizado em 09/07/2024 às 10:41

Comentar:

Compartilhe:

Imagem meramente ilustrativa / Foto de Cottonbro Studio/Pexels

Casas noturnas que ofereciam prazeres e clubes de dança que liberavam de tudo marcaram os arredores do Porto de Santos, no litoral de SP, principalmente entre os anos 50 e início dos anos 80.

Naquela época, a música alta que podia ser ouvida das calçadas, os letreiros luminosos e mulheres lindas que ficavam nas portas dos clubes convidavam os trabalhadores do cais santista ao "relaxamento" entre uma jornada de trabalho e outra.

Até mesmo os estrangeiros que estavam apenas de passagem pela cidade não deixavam de conferir, de perto, as graciosas mulheres que lhes ofereciam "massagens" e afins.

Uma das meretrizes da época de ouro dos prazeres noturnos no Porto de Santos, relembra como eram as abordagens aos homens naquele período.

"As mulheres com vestidos brilhantes, de muita lantejoula, acenavam com lenços para os homens, e eram convidadas à sentarem nas mesas, onde as conversas aconteciam, entre uma bebida e outra. Eram verdadeiras Damas da Noite, que ofertavam seus serviços de maneira muito graciosa", relembra a mulher, que não quis revelar seu nome ou mostrar o rosto.

Ainda segundo a ex-prostituta, naquele período não havia preconceito ou roubo nos arredores do Porto de Santos, um cenário muito diferente dos dias atuais.

"Era outro mundo. Era seguro andar entre os clubes e cabarés. Homens de todas as idades, cargos e classes sociais frequentavam sem medo, e viravam a noite satisfeitos. Até romance com marinheiros aconteciam, não era só prazer por prazer", recorda.

No final dos anos 80 veio o bum da Síndrome da Imunodeficiência Humana, a temida AIDS, e o movimento nestes locais caiu de forma vertiginosa, o que fez com que muitas destas casas e clubes noturnos fechassem suas portas.

Somado a isso, a forma de operar do Porto de Santos e sua logística mudaram de maneira importante nos anos 90, com os navios permanecendo menos tempo atracados, o que, somado ao medo da transmissão do HIV, praticamente decretaram o fim da era de ouro dos deleites noctívagos em Santos.

E você, se recorda de alguma história dessa época?

*Com informações da TV Record

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Santos

Santos terá museu de artes plásticas com entrada gratuita; veja

A expectativa é que obras de Nuno Ramos, Jarbas Lopes e Sergio Romagnolo cheguem a cidade

Cotidiano

Interdições em rodovia do Litoral de SP vão até o dia 19, afirma DER; veja trechos

As intervenções têm como objetivo melhorar a infraestrutura rodoviária, essencial para o fluxo seguro e eficiente de veículos na região

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter