'Vou viver mais do que um personagem. Vou representar um sentimento', diz Marcos Frota

Frase do ator resume sua participação na 37ª Encenação de Fundação da Vila de São Vicente

Comentar
Compartilhar
17 JAN 2019Por Da Reportagem18h01
Marcos Frota vai interpretar a Loucura no evento deste anoMarcos Frota vai interpretar a Loucura no evento deste anoFoto: Divulgação/PMSVf

A contagem regressiva foi acionada para a abertura da 37ª Encenação de Fundação da Vila de São Vicente, nas areias da Praia do Gonzaguinha, em frente à Praça Tom Jobim. Agora é uma questão de horas para que o grande evento vicentino, considerado o maior do gênero em todo o Mundo, abra suas cortinas para a apresentação 2019. O espetáculo será nos dias 18, 19, 20, 21 e 22 deste mês.

E o clima é de expectativa, mesmo para quem já é veterano nos palcos. Mas isso é apenas um detalhe diante da empolgação dos atores que formam o grupo dos artistas televisivos. Eles foram apresentados oficialmente nesta quarta-feira (16), em cerimônia realizada no salão de eventos do Hotel Chácara do Mosteiro, no Morro dos Barbosa.

Perto de completar 40 anos de profissão, o ator Marcos Frota, que vai interpretar a Loucura no evento deste ano, emocionou ao falar da sua paixão pelo teatro e pelo circo. Ao lado de Duda Nagle, o Martim Afonso, ele também lembrou que será um prazer estar em cena com o amigo, de quem foi padrasto, na novela América, de Glória Perez, em 2005.

“Contar essa história é valorizar um momento marcante para o nosso País. É uma proposta diferente. Um grande desafio. Vou viver muito mais do que uma personagem. Vou representar um sentimento. E o desafio é promover essa grande celebração”, disse o ator.

Para ele, a Encenação deve ser sempre incentivada. “Para que São Vicente siga mostrando sua importância e valor. Além disso, neste ano completo 40 anos de carreira, vou estar em um evento grandioso como este e, ainda, estarei ao lado do Duda (Nagle), que tive o prazer de ser padrasto na novela América”.

Já o ator Duda Nagle comentou que não tinha a dimensão do quanto o evento vicentino é grandioso. “Depois que anunciei que estaria aqui, recebi muitas mensagens falando sobre o evento. Fiquei impressionado com o tamanho e a importância deste espetáculo. A Encenação é uma lição para o Brasil inteiro. Estou muito feliz por parte deste espetáculo”, afirmou.

Elenco de primeira

Além de Marcos Frota e Duda Nagle, a 37ª encenação de Fundação da Vila de São Vicente contará com mais artistas consagrados, entre eles as atrizes Marissol Dias, a índia Jacy, que em Tupi significa Lua (Deusa Lua); Fernanda Pontes, que dará vida a Ana Pimentel; e Carol Nakamura, que promete encantar ao personificar sua Índia Bartira.

“Esse foi um convite muito especial. Eu me sinto honrada por estar em São Vicente, uma Cidade que valoriza e cultiva nossa história. Estou ansiosa em estrear neste grande espetáculo”, comentou Fernanda.

Com um largo sorriso, Marissol Dias destacou o início de sua carreira como atriz. “A Encenação faz parte da minha história e celebra um momento único para minha Cidade. Comecei aqui, neste evento (participou da encenação em 2010, 2011, 2012, 2017 e 2018, em quase todas como a índia Bartira). Tenho tudo a ver com a Bartira. Mas será fantástico compor uma nova personagem. Será um grande desafio”.

Já a atriz e bailarina Carol Nakamura garantiu que está pronta para dar vida à índia Bartira. “Podem ficar tranquilos que vou fazer a Bartira com todo o empenho. Como a Marissol sempre fez”, prometeu.

Também participaram da apresentação do elenco os atores Rick Moreno, que interpretará o índio Tibiriçá; Alexandre Moreno, que será o Conselheiro; e Guilherme Leonel, que será João Ramalho. Ainda, o pároco da Igreja Matriz de São Vicente, padre Renan Fonseca e Censi, interpreta Gonçalo Monteiro, primeiro padre a rezar uma missa na Primeira Cidade do Brasil. Por sua vez, ator local Gustavo Roemer dará vida a Bacharel de Cananeia.

Em seu discurso, a presidente do Fundo Social de Solidariedade de São Vicente, Andrea Gouvêa, destacou que a Encenação também tem caráter solidário. “A Encenação ganhou um viés solidário, com a troca do ingresso por um quilo de alimento não perecível. Isso mobiliza a sociedade em torno do espetáculo e da solidariedade”, disse.

Direção compartilhada

O secretário de Cultura de São Vicente, Fábio Lopez, falou sobre a direção compartilhada neste ano. “Essa iniciativa engrandeceu ainda mais o espetáculo, pois cada um dos diretores trouxe sua experiência para a Encenação”, lembrou. Neste ano, o evento tem direção geral das premiadas coreógrafas Geyssa Alencar e Sabrina Olímpio e do ator e diretor de Teatro Lucas Magalhães.

Emoção

A apresentação do elenco principal também teve momentos de emoção. Primeiro, com uma rápida e bela apresentação do tenor Enzo Bonini, que mostrou a força de sua voz ao cantar ‘O Sole Mio’. Depois foi a vez do prefeito Pedro Gouvêa, que se emocionou ao falar sobre o espetáculo. “Esse espetáculo ganhou esta proporção graças ao apoio que todos deram e dão a ele. É uma honra poder manter viva a tradição da Encenação. São 37 anos de muita união e da participação fundamental das comunidades, que se envolvem de corpo e alma para que o espetáculo continue e se mantenha grandioso”, comentou o prefeito.

Ingressos

Interessados em garantir ingressos para a Encenação podem ir a um dos quatro pontos de troca. Este ano não será cobrado o ingresso, mas as entradas serão adquiridas mediante a doação de um 1 quilo de alimento não perecível.Os pontos de troca são: Prefeitura de São Vicente (Rua Frei Gaspar, 384 – Centro); Subprefeitura da Área Continental (Avenida Ulisses Guimarães, 211 – Jd. Rio Branco); Posto de Informações Turísticas da Praça Tom Jobim, de segunda a sexta, das 9 às 17h, e também no 3º piso, ao lado da praça de alimentação, do Shopping Brisamar (Rua Frei Gaspar, 365), de segunda a sábado, das 10 às 22h.

A retirada será limitada a até oito ingressos por pessoa. A arquibancada tem capacidade para 5 mil espectadores por dia e foi dividida em quatro setores: verde, laranja, azul e amarelo, além dos camarotes Martim Afonso e Bartira, destinados aos convidados.Os alimentos serão revertidos para o Fundo Social de Solidariedade de São Vicente.