Valores da cultura indígena são exaltados em exposição fotográfica on-line

Na mostra, o profissional nascido em Santos expõe imagens produzidas em janeiro de 2020, na comunidade de índios Pataxós da Aldeia da Jaqueira

Comentar
Compartilhar
17 ABR 2021Por Da Reportagem20h47
Os índios Pataxós da Aldeia da Jaqueira, na cidade de Porto Seguro (BA).Os índios Pataxós da Aldeia da Jaqueira, na cidade de Porto Seguro (BA).Foto: Divulgação/PMS

As imagens captadas em intenso dia de convivência em uma aldeia indígena ganham espaço no www.facebook.com/culturasantos, a partir desta segunda-feira (19), com a exposição virtual ‘Valores’, do fotógrafo Fabrício Costa.

Na mostra, o profissional nascido em Santos expõe imagens produzidas em janeiro de 2020, na comunidade de índios Pataxós da Aldeia da Jaqueira, na cidade de Porto Seguro (BA). 

“Tive pouquíssimo tempo para captar as imagens. Foi um trabalho de imersão curto, porém muito intenso. Já adorava a cultura deles, mas saí da aldeia ainda mais apaixonado pelos valores que eles sustentam”, comentou Costa.

E por falar em valores, o fotógrafo acredita que este é, sem dúvida, o traço mais forte da cultura indígena. “Todo mundo fala muito a respeito das cores, dos ritos e de outras características deles. Mas é muito marcante ver de perto como eles defendem a família, suas tradições e o trabalho em grupo”. 

Realizador de outras produções com destaque dentro e fora do País, ‘Valores’ é a primeira exposição de Fabrício com temática indígena, e, segundo ele, será a estreia de outras. “Já estou com tudo preparado para voltar a Porto Seguro. Assim que a situação da pandemia melhorar, farei mais produções e irei até ministrar oficinas de fotografia para a comunidade de lá”. 

Trajetória

Fabrício Costa teve fortes influências na fotografia desde cedo, por causa da mãe, que na época gerenciava um laboratório de fotos em Santos. Mesmo tão próximo à fotografia, o dom da arte ainda não havia despertado. Foi em 2010, ao participar de um curso na Oficina Pagu, que ele se descobriu fotógrafo. Incentivado por outros profissionais, como o professor Tito Wagner Nunes Melo, começou a se aprofundar nos estudos. 

Costa já venceu o concurso da Nacional Geographic e realizou exposições em Santos e Caxias do Sul (RS). Teve seu trabalho utilizado pela mídia nacional e internacional, em diferentes formatos como TV, internet, jornal e revistas.