X

Cultura

Santos Jazz Festival comemora retorno presencial com 15 mil pessoas

Após dois anos em formato on-line, o evento voltou a ser realizado presencialmente, no Teatro do Sesc e nos Arcos do Valongo

Da Reportagem

Publicado em 01/08/2022 às 10:53

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Grande público prestigiou o evento que retornou ao modo presencial depois de dois anos / Marcelo Martins/PMS

Após dois anos em formato on-line, o 10º Santos Jazz Festival (SJF) voltou ao presencial, levando cerca de 15 mil pessoas ao Teatro do Sesc e Arcos do Valongo, em 4 dias de shows, oficinas e atividades culturais.

"Supriu todas as nossas expectativas. O mais legal, para nós, foi realmente voltarmos ao presencial após anos muitos difíceis, de muitas perdas. O público estava carente de bons eventos. Não é a toa que tanto o Festival do Café, quanto a programação cultural da Conferência da Unesco e o Santos Jazz agora foram um sucesso absoluto. Os santistas e turistas estavam carentes desse contato com o Centro Histórico”, disse Jamir Lopes, que junto Denise Covas assina a realização do festival. “Estamos aqui celebrando o reencontro, a cultura e a esperança de que dias melhores estão por chegar”, completou o produtor.

Rafaella Laranja homenageia Elis Regina, acompanhada pela banda de Cubatão e apresentação de dança

Atuando em parceria com o Santos Jazz Festival pela terceira vez, em edições presenciais do evento, o Encontro dos Criadores, plataforma multicultural democrática que reúne arte, música, gastronomia, moda e comportamento, celebrou o reencontro com o evento.

“Pra gente é muito importante esse retorno, até porque o nome do projeto leva encontro à frente. Nós temos uma sinergia muito grande com o festival por ele ter vários preceitos que nós acreditamos, como o acesso à cultura, a democratização da arte e variedade de expressões dentro do mesmo espaço”, disse Heitor Cabral, produtor criativo à frente do Encontro de Criadores.

Faça parte do grupo do Diário no WhatsApp e Telegram.
Mantenha-se bem informado.

SHOWS

Último dia do 10º Santos Jazz Festival começou com surpresa da Banda Marcial Infantil de Cubatão. Os pequenos executaram standards do jazz e sucessos infantis como ‘Baby Shark’ e ‘Superfantástico’.

Na sequência a Orquestra de Metais e Percussão de Cubatão & Rafaella Laranja celebraram Elis Regina em show repleto de emoção com canções que marcaram a carreira da ‘Pimentinha’ como ‘Vivendo e aprendendo a jogar’, ‘Como os nossos pais’, ‘Romaria’, ‘Black is Beautiful’ e ‘Águas de Março’. Todas as músicas tiveram arranjos assinados pelo maestro Mário Tirolli, que ressaltou a resiliência dos músicos da Orquestra durante esse período sem apresentações.

Mauro Hector toca Jimi Hendrix e faz público entoar os trechos mais conhecidos

“Esta é a nossa segunda apresentação na retomada de concertos. Gostaria de agradecer esses heróis, pelo ato de resistência de acreditar na arte”, falou o maestro pedindo palmas aos músicos. “Muito feliz em estar aqui e homenagear Elis acompanhada por essas grandes estrelas”, completou a cantora Rafaella Laranja.

Em seguida foi a vez do guitarrista Mauro Hector exaltar a obra de Jimi Hendrix. Ao lado de Marcos Paulo (baixo e voz) e Alexandre Faccas (bateria), ele tocou músicas como ‘Spanish Castle’, ‘Angel’, ‘Are you experienced?’ ‘Bold as love’ e ‘Foxy Lady’. Nesta última, o guitarrista colocou o público para entoar riffs clássicos como ‘Baby Please Don’t Go’, ‘Day Tripper’ e ‘Satisfaction’.

O blues do gaitista Jefferson Gonçalves e o Duo Bittencourt, formado pelos irmãos Júlio e Luciano Bittencourt, fizeram uma apresentação com temas de Gilberto Gil, Hermeto Pascoal, Luiz Gonzaga e Dominguinhos repletos de groove. “A proposta deste show é fazer uma mistura do Rio Capibaribe (Pernambuco/BR) com o Rio Mississippi (EUA). Executamos os sons do Nordeste sob a influência do blues”, apontou Jefferson.

Jefferson Gonçalves misturou sons do Nordeste com blues americano

 

AXÉ

Coube aos Filhos da Bahia in Jazz encerrar essa celebração dos reencontros promovidos pelo 10º Santos Jazz Festival. Formada por Zaia (filho de Reinaldinho, ex-Terrasamba), Miguel (filho de Carlinhos Brown) e João Lucas (filho de Saulo Fernandes), a banda trouxe ao palco o axé da terra de todos os Santos e colocou o público para dançar as canções atemporais que seguem o carnaval com arranjos jazzísticos.

O 10º Santos Jazz Festival conta com a chancela da Lei de Incentivo à Cultura, com patrocínio do Santos Port Authority. Correalização da Prefeitura de Santos e apoio cultural do Sesc-Santos e Associação dos Artistas.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Santos

Praiamar Shopping recebe exposição de carros antigos

Chamada 'Carona para o Passado', mostra terá 16 veículos consagrados da Volkswagen expostos na Praça Central do mall a partir da próxima quinta-feira (18)

COTIDIANO

SLT libera gaveta central da travessia Santos/Guarujá

A modernização da gaveta central do Guarujá teve investimento do Departamento Hidroviário de R$ 3,5 milhões, com potencial para beneficiar mais de 30 mil pessoas que utilizam o serviço diariamente, em média

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software