Projeto Social de Guarujá proporciona viagem de jovem de 16 anos ao México

Pedro Henrique da Silva Santos, do projeto Roda Dançante, tem apenas 16 anos vai ficar um ano no país latino por meio de intercâmbio promovido pelo Rotary

Comentar
Compartilhar
04 ABR 201416h40

Aprender espanhol, conhecer e viver uma nova cultura, adquirir conhecimento. Essas são algumas das muitas experiências que um jovem de Guarujá irá experimentar por um ano. Pedro Henrique da Silva Santos, de 16 anos, participante da Roda Dançante, vai fazer um intercâmbio cultural de um ano no México.

A oportunidade surgiu através do Rotary Vicente de Carvalho que fez contato com o projeto social Roda Dançante, informando que a mesma poderia indicar um jovem para concorrer a três bolsas que a entidade estaria oferecendo.

“Indicamos o Pedro porque ele tem um histórico de notas fabuloso. Um menino de ouro e de família humilde. Ele fez as provas, foi aprovado e esta semana estará viajando para o México com tudo pago pelo Rotary”, contou a coordenadora do Roda Dançante, Ariadne Moreno.

Para o jovem a oportunidade que ele conquistou é única. “Ficar um ano no México vai ser muito bom pro meu futuro pessoal e profissional, pois vou aprender espanhol, conhecer nova cultura e muita gente. Agradeço ao Rotary, pois eu jamais teria condições de fazer um intercâmbio desse e também a Roda Dançante por ter me indicado”, disse contente.

Pedro Henrique que integrou o corpo de baile do projeto Roda Dançante desde 6 anos de idade e atualmente faz balé clássico e sapateado transformou-se num exemplo para as demais crianças. “Diante do anuncio da conquista dele as outras crianças ficaram empolgadíssimas com a possibilidade de serem as próximas indicadas. Já temos até pré-candidatos. Muitas já estão buscando aprender uma nova língua. As mães estão empolgadas também e estão investindo em seus filhos”, disse a coordenadora.

Ariadne ressalta ainda que é um prestígio para a Roda Dançante ter sido escolhida para oferecer a um dos jovens essa oportunidade. “O Rotary confia em nosso trabalho e nos ajudou a mostrar a essas crianças e jovens que os sonhos podem sim se tornar realidade”, conclui.

De malas prontas Pedro Henrique fez questão de deixar seu recado. “É importante a gente dar sempre o melhor de si, pois quando a oportunidade aparece cabe a cada um saber aproveitá-la” aproveitou.

Roda Dançante - A Roda Dançante atende atualmente 110 crianças e adultos de 4 a 50 anos, e oferece aulas de dança nas modalidades balé clássico, jazz, sapateado e flamenco. A ONG funciona na Rua Walter Sório, 125, no Jardim Praiano. O telefone da instituição é 3062-9011. O atendimento acontece das 14 às 20 horas.