Projeto “EmCena Brasil” traz múltiplas atrações para São Vicente

Apresentações - para todas as idades - são gratuitas e acontecem no fim de semana

Comentar
Compartilhar
16 MAR 201312h56

Apresentações de teatro infantil, teatro adulto, circo, mamulengo, música, dança folclórica, cinema, contação de história, além de biblioteca e gibiteca. Tudo isso reunido num mesmo lugar e totalmente grátis. Esse é Projeto EmCena Brasil, que chega a São Vicente neste sábado (16) e domingo (17), com atividades ininterruptas das 15 às 22h, na Praça Tom Jobim, junto à Biquinha, na Praia do Gonzaguinha.

Seis grupos vão se apresentar: Mamulengo da Folia, Andaime, Zabelê, Los Circo Los, Abaréteatro e Mão Livre, todos com seus melhores espetáculos – vários deles premiados - mostrados com o apoio da Secretaria de Cultura do Estado e Prefeitura de São Vicente, por meio da Secretaria da Cultura, em parceria com a Associação Abaré Arte em Cena.   

Um contêiner adaptado serve de palco para as apresentações, que pela variedade de situações conquistam a simpatia de toda a família. A caravana, que percorreu mais de 120 cidades em todo o País, já atingiu cerca de 300 mil pessoas e agora chega a São Vicente. Com uma estrutura moderna, que inclui som, iluminação, tela de cinema, 400 banquetas e uma grande tenda para abrigar a plateia, a caravana apresenta programação com a mesma qualidade de salas convencionais de teatro, com a vantagem de ser totalmente gratuito.

Produção

A Cia. Abaréteatro vem capitaneando o projeto desde 2007.  A equipe é composta por 20 pessoas, entre atores, técnicos, monitores e traz consigo cinco companhias de teatro, de circo e de mamulengo. Todos os grupos trazem na bagagem um excelente currículo, e são reconhecidos com diversas premiações tanto nos principais centros culturais como nos diversos festivais de cultura espalhados pelo Brasil e exterior.

Ao todo serão 40 artistas e técnicos que desfilarão suas habilidades em dois dias de eventos. As apresentações valorizam a cultura popular, o artista nacional, garantem boas gargalhadas e ao final, como resultado, um ótimo dia de lazer para toda a família.

Seis grupos vão se apresentar neste final de semana (Foto: Divulgação)

Onde o povo está

Segundo Orlando Moreno, criador e idealizador do projeto, “esses últimos seis anos de circulação nas mais variadas regiões de Norte a Sul desse País foram muito gratificantes, tanto para adquirir experiência como para aprender com a cultura de cada localidade”, observa. “Depois de mais de 500 mil quilômetros rodados, nós estamos de fato levando a cultura onde o povo está. E o mais importante é que o Emcena vem se consolidando como uma arena de congraçamento, de confraternização e de encontro do  povo com sua própria cultura”.

Moreno enfatiza que o projeto revela que o povo brasileiro, ao contrário do que dizem, tem muito bom gosto, “aprecia a arte como um todo e participa ativamente ao se divertir com o gracejo do palhaço, ao se emocionar com a história bem contada. Como gente grande, sem pudor e nem preconceito, é capaz de reviver a criança que existe dentro de cada um de nós. E ao final, agradecido, retribui aplaudindo entusiasticamente todos os artistas”, conclui.