Projeto AMAR realiza apresentações especiais neste mês

A apresentação chega para alunos do ensino fundamental I e ao público guarujaense

Comentar
Compartilhar
23 ABR 201512h58

Neste mês de abril, a equipe pedagógica do Projeto de Atividades Motoras e Ações Recreativas (Amar), da Prefeitura de Guarujá, que leva a peça “O Mistério de Feiurinha no Vale Encantado” aos Núcleos de Educação Infantil Municipal (Neims), traz uma programação especial que atenderá as escolas do Ensino Fundamental I.

De acordo com a coordenadora de Projetos e Programas Infantis da Seduc, Cátia de Souza Silva, a apresentação para os alunos do 1º ao 5º ano resgata a imaginação e criatividade. “No mês de abril comemora-se o Dia Nacional do Livro Infantil (18). Em alusão à data, diversas atividades literárias estão sendo realizadas nas escolas municipais. Encontramos na peça teatral uma forma de elucidar as histórias dos livros para os estudantes”, disse.

Na última sexta-feira (17), a programação teve início na Escola Municipal Benedita Blac (Perequê). Na trama apresentada, a Cinderela, Bela Adormecida e a Branca de Neve resgatam a fantasia das princesas na adaptação do enredo. E a protagonista de Frozen, a Elsa, terá um papel triunfante na peça. A Rainha do Gelo será a responsável por salvar a personagem Feiurinha. A preparação do roteiro, assim como a caracterização dos personagens ficaram por conta de 17 professores, cuja iniciativa faz parte do projeto.

A próxima apresentação será nesta sexta-feira (24) na Escola Municipal Sérgio Pereira localizada na Rua José Terto dos Santos Filho, nº 136 no Jardim Mar e Céu. E nos dias 28, 29 e 30 o espetáculo será no Teatro Municipal Procópio Ferreira, situado na Avenida Dom Pedro I, 350 na Enseada, às 9h30 para escolas da rede municipal convidadas. No feriado do dia 1º de maio, a partir das 10 horas será realizada uma apresentação aberta ao público.

Segundo o coordenador do Teatro Municipal, Jurandir Pereira, a escolha do projeto foi importante para valorizar a produção cultural local. “A ideia surgiu por interface das secretarias de cultura e educação. O Projeto A.M.A.R. tem desenvolvido um trabalho interessante com as crianças da rede municipal há um tempo. Achamos um meio de atingir um público maior e aumentar circulação desse espetáculo na cidade”, comentou.