Memorial da América Latina realiza Mostra Latino-Americana de Curtas

Evento exibirá curtas do Paraguai, Nicarágua, República Dominicana, Argentina, Equador, Uruguai, México, Cuba e Brasil

Comentar
Compartilhar
30 NOV 2020Por Gazeta de S. Paulo17h07
Memorial da América LatinaFoto: Divulgação/Governo de SP

O Memorial da América Latina, a Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo e a Secretaria de Relações Internacionais vão realizar a Mostra Latino-Americana de Curtas. A proposta, que conta também com o apoio e realização da Organização Social Amigos da Arte, tem o objetivo de exibir curtas metragens dos países latino-americanos. Do dia 1º a 20 de dezembro, as produções serão exibidas pela plataforma culturaemcasa.com.br.

As mostras serão divididas por países latinos-americanos. Cada noite será dedicada a um país, com até cinco títulos a serem exibidos. Estão confirmadas as participações de curtas do Paraguai, Nicarágua, República Dominicana, Argentina, Equador, Uruguai, México, Cuba e Brasil.

A seleção dos curtas latinos contou com a participação dos consulados do Uruguai, Argentina, Cuba, Equador, México, Nicarágua, Paraguai e República Dominicana.

Os filmes brasileiros que integram a Mostra são seleções de produções acadêmicas de alunos das universidades Unesp, UFMG, UFF, ESPM Rio, UnB, USP, Senac, Ufscar, UFRB (Universidade Federal do Recôncavo Baiano) e Unicamp. Eles serão exibidos nos finais de semana ou em dias alternados com os demais países participantes.

Na abertura e no dia 8 de dezembro, serão exibidos filmes do Festival Internacional de Curtas de São Paulo Kinoforum.

Entre as produções a serem exibidas, estão os curtas do diretor paraguaio Marcelo Martinessi que ganhou diversos prêmios entre eles Dois Ursos de Prata no Festival de Cinema de Berlim e cinco indicações ao Platinum Awards. Entre seus principais trabalhos estão os curtas: Karai Norte e La voz perdida, que foi premiado no Festival de Veneza.

A Mostra prevê também um Ciclo de Palestras, sempre às 14h, com temas voltados para a produção audiovisual e a cultura de cada país, sob os cuidados do Centro Brasileiro de Estudos da América Latina (CBEAL), responsável pela organização do evento.

O festival, disponível pela plataforma virtual, surge como mais uma opção de lazer para a população. Embora muitos espaços já estejam funcionando, os protocolos de emergência sanitária estão mantidos e reduzem o acesso presencial do público aos espaços.

Serviço:

Mostra Latino-Americana de Curtas

De 1º a 20 de dezembro

Exibição dos filmes a partir das 19h, gratuito

Plataforma: www.culturaemcasa.com.br

Ciclo de Palestras, 14h, gratuito

Plataforma: www.culturaemcasa.com.br

#mostralatinoamericanadecurtas

Programação:

1º de dezembro (Terça-feira)

Abertura

A Morte Branca do Feiticeiro Negro, Rodrigo Ribeiro

Perifericu, Nay Mendl, Rosa Caldeira, Stheffany Fernanda e Vita Pereira

2 de dezembro (Quarta-feira)

Paraguai

Karai Norte, de Marcelo Martinessi

Kirirî (Silêncio), de Miguel Aguero

Mita’i, de Zunilda Leguizamón Esteche

La Voz Perdida, Marcelo Martinessi

Kurusu Rebelde, de Miguel Aguero

3 de dezembro (Quinta-feira)

Nicarágua

Grote, de Félix Fernámdez Huete

A Menina e a Estrela, de Gabriel Serra

4 de dezembro (Sexta-feira)

República Dominicana

Tetos Quebrados, de Yanillys Perez

Rolo Fora, de Andrés Farías

The Things We Don’t Say, de Soleidy Mendez

Luz Roja, de Lucas Estrella

Atos de Rebeldia, de Isabella Bretón

5 de dezembro (Sábado)

Brasil / ECA-USP

Lé com Cré, de Cassandra Reis

Perdeu, de Pedro Formigoni

Presa, de Letícia Kamiguchi

Ronda, de Maurício Battistuci e Francisco Miguez

Tecendo a Manhã, de Alice Andreoli Hirata

6 de dezembro (Domingo)

Brasil / UFF

A Casa de Ana, de Clara Ferrer e Marcella C. de Finis

Broto, de Antonio Teicher

Inconfissões, Ana Galizia

7 de dezembro (Segunda-feira)

México

Luces Brillantes, de Sergio Alejandro Gerber Bicecci

A la Distancia, de Víctor Audiffred

8 de dezembro (Terça-feira)

Kinoforum

Construção, Leonardo da Rosa

Vai Melhorar, Pedro Fiuza

9 de dezembro (Quarta-feira)

Uruguai

Da Série: Un Monstro em Mi Casa

Constantinopla, de Cristhian Orta

Males, de Ilen Juambeltz

El Grito de Silencio, de Guillermo Trochon

Escena del Crimen, de Agustin Alvarez

10 de dezembro (Quinta-feira)

Cuba

Home, de Alejandro Alonso

Los Amantes, de Alán González

11 de dezembro (Sexta-feira)

Argentina

Um Día em la Mezzetta, Emiliano Sayago

Giros (Turns), Mariano Sosa

Fuera de Catalogo, Fabricio D’Alessandro

Cinco Minutos Afuera, Constanza Gatti

12 de dezembro (Sábado)

Brasil / UnB

Censurado, de Pedro Buson

P4, de Layo Stambassi

Vida Pregressa, de Ilana Lara

13 de dezembro (Domingo)

Brasil / Ufscar

A Dama das Onze Horas, de Danilo Teixeira, Nalú de Souza e Walklenguer Oliveira

Da Grade pra Cá, de Wesdras Aklen, Larissa Bela Fonte e Nayara Demari

Eu Preciso te Ver no Fundo dos Meus Olhos, de Letícia Gomes

Meninos Rimam, de Lucas Nunes

O Homem do Saco, de Christian Savi e Luiz Fernando Coutinho

14 de dezembro (Segunda-feira)

Equador

Humano, de Korwin Quiñones

Capitán Escudo, Roberto Valencia e Diego Castillo

15 de dezembro (Terça-feira)

Brasil / UFMG

Metamorfose, de Jane Carmen Oliveira

Suicídio, de David Lucas

Yari, de Breno Rhor

Rosa, de Matheus Leite Pereira

Brilha!, de Isadora Polatscheck

16 de dezembro (Quarta-feira)

Brasil / ESPM

Aguaceiro, de Roberto Amaro

Carne de Carnaval, Rodrigo Tancredi

A Imperfeição Revestida, de Gabriela Gonçalves

17 de dezembro (Quinta-feira)

Brasil / Senac (SP)

Ça Va, de Diovani Morello

Do Outro Lado da Porta, de Daniela Menezes

Guardaram por Nós, de Catharina Bergo

I.A.M, de Douglas Rene

Maria Paraíba, de Débora Borges

Registros, Luca Albano

18 de dezembro (Sexta-feira)

Brasil / Unesp

Eu Estou Aqui, de Rodrigo Pereira

19 de dezembro (Sábado)

Brasil / UFRB

Fervendo, de Camila Gregório

Sair do Armário, de Marina Pontes

Arco do Tempo, de Juan Rodrigues

Cartas para Ana, de Carla Caroline

Tempos Verbais, de Ema Ribeiro

20 de dezembro (Domingo)

Brasil / Unicamp

Desvio, de Flora Nakazone

Vestem Ruídos, de Sebastian Wiedemann

Obscura, de Matheus Maltempi

Roda Viva, roda Brasil; de Isa Ricchiero

Verso Livre, de Rodrigo Forti e Raffaella Pellini

Cabeças Falantes, de Natasha Rodrigues

Ana Cecília e Dona Sônia Tentam Fazer um Jantar em Família, de Elisa Lino e Giovanni Saluotto