Livro conta histórias de Jimmy Page na Chapada Diamantina

Jornalista reuniu histórias do guitarrista enquanto ele morou no Brasil, com fotos inéditas do músico

Comentar
Compartilhar
25 JAN 2021Por Natalia Cuqui08h00
Fernando Magalhães e Roberto Frejat ao lado de Jimmy PageFoto: Divulgação

Nem todo mundo sabe, mas Jimmy Page, guitarrista do Led Zeppelin considerado um dos melhores do mundo, morou no Brasil por muitos anos. Entre 1994 e 2008, os anos em que esteve casado com Jimena Gómez, Jimmy Page alternava entre Londres e Lençóis, uma cidadezinha na Chapada Diamantina, na Bahia. O músico teve três casas nesse local, porque gostava do anonimato e, gente como a gente, não queria ter vizinhos.

Jimena, ex-esposa de Page, morou por três anos em Lençóis, e foi aqui no Brasil que ela e Jimmy Page se conheceram, pós-Led Zeppelin. O guitarrista só se apresentou uma vez em terras brasileiras, no festival Hollywood Rock de 1996, ao lado de Robert Plant.

Porém, o músico tem uma forte conexão com o nosso país, estava sempre ao lado de grandes nomes da música brasileira e até ajudou a abrir uma fundação para crianças sem lar, a Casa Jimmy, que funciona até hoje no Rio de Janeiro. Esse feito, inclusive, lhe rendeu o título de Cidadão Honorário da capital fluminense.

Reunindo essas histórias e várias outras, o jornalista Leandro Souto Maior entrevistou diversas pessoas, a grande maioria músicos como Roberto Frejat, Nando Reis e Tony Belloto. O livro foi lançado pela editora Garota FM Books, responsável por vários outros títulos de livros sobre o mundo da música e está sendo vendido no site oficial por R$ 95.

O autor afirma que essa não é uma biografia de Jimmy Page, apenas um relato das histórias do guitarrista por aqui. Com prefácio do cantor Ed Motta e posfácio de Sebastião Reis, filho de Nando Reis, o livro, que conta com fotos inéditas, é uma verdadeira carta de amor aos fãs de Led Zeppelin, e mostra que a banda influenciou e influenciará gerações.