Liberdade dá o tom do 7º Santos Jazz Festival

Participam desta edição inúmeros artistas da região, além de nomes como Toninho Horta e Izzy Gordon, e de artistas internacionais como a britânica Jesuston,

Comentar
Compartilhar
28 JUL 2018Por Da Reportagem09h00
O Festival Santos Jazz realiza sua sétima edição entre até este domingo (29)O Festival Santos Jazz realiza sua sétima edição entre até este domingo (29)Foto: Tiago Cardeal/Divulgação

O Festival Santos Jazz realiza sua sétima edição entre até este domingo (29), com programação gratuita, e homenagem aos 70 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos.

Desde a abertura até o encerramento, um desfile de ritmos, estilos e performances celebrará a criatividade, a mistura, os encontros improváveis, em uma empolgante comunhão artística que ultrapassa o plano musical.

Participam desta edição inúmeros artistas da região, além de nomes como Toninho Horta e Izzy Gordon, de artistas internacionais como a britânica Jesuston, Darrell Nulisch & Simi Brothers (EUA) e Duo Hydridus (Argentina), além de músicos da região como Mauro Hector, Quizumba Latina, Milton Medusa, Didi Gomes e Luiz Oliveira, entre outros.

O evento também oferece oficinas, rodas de conversa e exposição de pôsteres inspirados no universo do jazz, na luta dos direitos humanos e na liberdade.

Programação

Estação do Valongo
Largo Marquês de Monte Alegre - Centro Histórico

9h    7º Valongo Motor Classics
12h    Quizumba Latina recebe Mauro Hector

Arcos do Valongo - Rua Comendador Neto, 9 - Centro
14h30    Orquestra de Metais da Banda Marcial de Cubatão & Milton Medusa
15h30    Banda de referência do Projeto Guri
16h    Jazz para Crianças – Zero Beto
16h30    Duo Hibridus
18h    “Elis no Jazz” com Sambaláia Trio & Didi Gomes
19h30    Duofel, Carlos Malta e Robertinho Silva
21h30    Darrell Nulisch & Simi Brothers
23h30    Festa 10 anos de Futuráfrica com B Negão

Domingo

Arcos do Valongo
13h    Aula aberta de Dança - Jazz na Rua - Lindy Hop
15h    Banda Lar das Moças Cegas
16h    Jazz para Crianças – Zero Beto
16h    Fotografia Sonora
17h    Toninho Horta & Jazz Big Band
19h    Luiz Oliveira Trio
19h    Blues Beatles

Violetas na Janela

Sucesso há 20 anos, Violetas na Janela retorna a Santos. Adaptação do livro homônimo de Vera Lúcia Marinzeck pela atriz Ana Rosa – que também dirige e estrela o espetáculo ao lado do ator Guilherme Correa -, a peça conta a história de Patrícia, uma jovem que após a morte acorda em uma Colônia Espiritual. Tudo com uma leveza e toques de humor que se encarregam de dar tom ao espetáculo, com vinte atores que se revezam em cena. Sessões hoje, às 21h, e amanhã, às 20h. Teatro Municipal Braz Cubas. 2º piso do Centro de Cultura Patrícia Galvão. Av. Senador Pinheiro Machado, 48, Vila Mathias. Os ingressos custam entre R$ 35,00 e R$ 80,00. As vendas

Clássicos da TV e da música

Clássicos da tevê, do cinema e da música ganham novas cores e traços na exposição Filmes e Séries Virando Arte, de André HQ. A mostra reúne ilustrações de sucessos como “Perdidos no Espaço” e o longevo “Doctor Who”, em cartaz desde 1963. André também homenageia a banda Queen e reinterpreta o personagem Arlequina. A abertura é hoje, às 16h.

A mostra pode ser vista até 24 de agosto, de terça a sexta-feira (13 às 19h), sábados (9 às 18h) e domingos (9 às 13h), na Gibiteca Marcel Rodrigues Paes, no Posto 5, orla do Boqueirão. Gratuito. Informações: 3288-1300.

‘Ciranda das Artes’ acontece em Vicente de Carvalho

O projeto “Ciranda das Artes” faz sua parada na Praça 14 Bis (Vicente de Carvalho) nesta semana. O evento acontece hoje, a partir das 15 horas, com diversas atividades gratuitas, que leva diversão e cultura para os munícipes. A iniciativa é da Secretaria Municipal de Cultura (Secult).

Nesta edição, a programação conta com apresentação de teatro infantil, música, quadrilha junina, brincadeiras lúdicas, tapete de leitura, Geladeira Cultural, oficina de artesanato, pintura e desenho e pintura facial.

A “Ciranda das Artes” tem como objetivo promover uma programação circular de intervenções artísticas. Com realização mensal, em cada edição o evento acontece em um bairro diferente da Cidade, de forma gratuita e abrangendo públicos de todas as idades.

Fim de semana terá dois espetáculos teatrais

O último fim de semana de julho em Mongaguá será de teatro para todas as idades. Hoje, a partir das 20 horas, a comédia ‘As Sogras’ provocará bons risos aos maiores de 12 anos. Já amanhã, às 17 horas, a criançada tem tudo para curtir e se emocionar com a fábula ‘Os Três Porquinhos’. As apresentações acontecerão no Centro Cultural Raul Cortez. A peça adulta é gratuita, já a infantil o público pagará quanto quiser.

‘As Sogras’

Imagine sua sogra morando com você durante meses. Agora imagine três sogras e sua mãe, juntas, sob o mesmo teto que você? O personagem Roberval, professor prestes a se aposentar, sabe bem como é.
A peça contempla dramas familiares, passando pelos conflitos internos e amorosos, respeito, intolerância e crítica social. Tudo isso contado com muito humor.

‘Os três Porquinhos’

Um dos contos de maior sucesso de todos os tempos, ‘Os Três Porquinhos’ retorna a Mongaguá para contar essa bela história que marcou e marca muitas gerações, de uma forma ainda mais bem-humorada, educativa, ilustrada e bastante interativa, deixando valores e princípios a serem refletidos pela plateia, sobretudo pelas crianças com relação ao mundo e a sociedade atual.
O Centro Cultural Raul Cortez fica na Avenida São Paulo, 3.465, no Vera Cruz. Outras informações podem ser obtidas pelo telefone 3507-5477.