Jovem cineasta transforma própria história de vida em documentário

Obra é uma das selecionadas na 17ª edição do Curta Santos

Comentar
Compartilhar
13 SET 2019Por Da Reportagem12h10
O estudante de cinema Vinícius ElleroFoto: Divulgação

A curadoria da 17ª edição do Curta Santos, que acontece em outubro, já divulgou os 15 trabalhos selecionados para a mostra Olhar Caiçara, com obras de artistas da região. Entre elas, está o documentário Certas Palavras Precisam Ser Ditas, de Vinícius Ellero, estudante de Cinema e Audiovisual da São Judas – Unimonte, que contou a própria história de vida no filme, em que trata da relação com a mãe biológica que não o criou.

"Abordei o tema do ponto de vista da minha família, sem julgar a minha mãe, mostrando as relações que construí com outros familiares, como o meu tio, que me criou. Foi terapêutico", diz.

Vinícius está animado com a seleção do seu curta para o tradicional festival de cinema de Santos. "É muito bom ter o reconhecimento fora da faculdade. Com o Curta Santos, meu trabalho vai alcançar muito mais gente".

A família dele, inclusive a mãe biológica, já assistiram ao trabalho. "Todos ficaram muito emocionados quando viram, porque não estavam entendendo muito bem o que eu estava fazendo durante o processo de filmagem".

Sobre a reação da mãe, o estudante conta que ela também se emocionou bastante e entendeu a mensagem do filho. "Ela mora longe, portanto, assistiu o curta on-line, foi um resgate para todos nós".

Para realizar Certas Palavras Precisam Ser Ditas, Vinícius, que é diretor, roteirista e produtor do documentário, contou também com os colegas Thaís Maynara, diretora de fotografia e editora, e Rafael da Fonseca, editor e responsável pelo som.

Vinícius também participa como diretor de fotografia de um dos videoclipes selecionados para o Curta Santos 2019, Sambinha, da banda O Grilo.

Talentos – Outros alunos do curso de Cinema e Audiovisual da São Judas – Unimonte foram selecionados para a mostra Olhar Caiçara do Curta Santos deste ano. São eles: Vítor Pontes, com Apartamento 88 e Terapia de Casal; AJ Santa Rosa, com Aun - Um Distúrbio Orgânico; Nicolle Ferreira, com Breque: Um Olhar Sobre A Produtividade; Luiza Torres, com Maratona do Beijo; Ricardo Andrade, com O Mercador; além da ex-aluna Iasmin Alvarez, com Fake News.

Na categoria Mostra Olhar Caiçara concorreram 50 filmes, sendo 15 escolhidos para o festival.