Fortaleza da Barra integra 13ª Semana de Museus

Evento nacional da Semana de Museus reaproxima a comunidade de histórias passadas das suas cidades

Comentar
Compartilhar
15 MAI 201512h36

A 13ª Semana Nacional dos Museus acontece em Guarujá entre os dias 19 e 23 de maio com programações diferenciadas. As atividades envolvem música, dança, leitura e história, e acontecem no Museu da Fortaleza da Barra, em Santa Cruz dos Navegantes, que é o primeiro equipamento desse porte na Cidade. O objetivo é interagir e aproximar toda a comunidade para perto dos museus e reacender as suas histórias. O evento é aberto para todos. As atividades acontecem sempre às 9 horas.

Serão apresentadas também palestras sobre a Fortaleza da Barra Grande, com breve apresentação sobre a criação do sistema de defesa do litoral e os magníficos exemplares da arquitetura militar colonial do Brasil.

Segundo a secretária-adjunta de Cultura, Patricia Lima, o evento é uma maneira das pessoas se apropriarem dos museus. “Essa é uma semana de aprendizado para a população”. Todos os dias do evento serão realizadas monitorias pelo Museu da Fortaleza da Barra e Trilha do Paoil de Pólvora.

Na terça-feira (19), das 9 às 15 horas, será realizado o projeto Mania de Leitura, com a poetisa Márcia Guedes. Haverá também oficinas de dança, com o professor Regis Cardoso, de pintura com o artista plástico Sergio Yplinsky e de música com o cantor Luizinho.

Na quarta-feira (20) serão realizados jogos educativos. E na quinta-feira (21), o público poderá desfrutar de uma oficina especial de desenho com os desenhistas Paulo Von Poser e Claudia Braga, e fotografia com o fotógrafo Marcos Piffer. Os jogos educativos voltam a ser realizados na sexta-feira (22). Todas as atividades começam às 9 horas.

Para finalizar com chave de ouro, no sábado (23), às 10 horas será realizada a palestra sobre a Fortaleza da Barra com o Coronel de Artilharia Rfm, Elcio Rogerio Secomandi, membro efetivo do ICOFORT (International Scientific Committee on Fortifications and Military Heritage), pós-graduado em Ciêcias Militares (ECEME) e com a Doutora em Historia Social, Diretora-Secretária da SVSL – Sociedade Visconde de São Leopoldo, Clotilde Paul . Após a palestra, acontece o encerramento da Semana Nacional.

História – A Fortaleza de Santo Amaro da Barra Grande se tornou museu em junho do ano passado, sendo assim o primeiro museu de Guarujá. Construído em 1584 e reconhecida em 1964, chama a atenção por seus blocos grandes de pedra. Armazenando peças de antiguidades encontradas ao seu redor, o museu irá mostrar o começo da história da Cidade.