Exposição A Bola é um Mundo chega a Cubatão

A abertura está marcada para 19h, no Centro Multimídia do Novo Anilinas. O público terá até o dia 3 de agosto para visitá-la

Comentar
Compartilhar
30 MAI 201411h13

Cubatão recebe a partir do dia 5 de junho, a Exposição "A Bola é um Mundo", do fotógrafo Caio Vilela, em uma parceria entre o SESC Santos e a Prefeitura de Cubatão. A abertura está marcada para 19h, no Centro Multimídia do Novo Anilinas (Av. Nove de Abril, s/nº). A programação conta, ainda, com homenagem, jogo amistoso e master. O público terá até o dia 3 de agosto para visitá-la, sempre de terça-feira a domingo, das 10h às 21h. A entrada é gratuita.

São 30 fotos que relatam o futebol ao redor do planeta e apresentam imagens de povos de diversas regiões praticando o esporte mais conhecido em todos os continentes, documentando o futebol jogado nas ruas, distantes dos holofotes dos estádios ou da mídia. A exposição traz uma reunião de histórias e imagens nas ruas de cidades do Tibete, Antártida, China Irã, Egito, entre outras, mostrando que a paixão pelo futebol é capaz de unir diferentes povos.

O resultado do trabalho é rico, autêntico e espontâneo, algo que se sustenta sobre o imprevisto. Busca a arte que existe na simplicidade das partidas de futebol improvisado, em campinhos de terra batida ou nas ruelas e becos espalhados por cinco continentes. O trabalho completo de Caio pode ser conferido, também, no livro "Futebol sem fronteiras - Retratos da bola ao redor do mundo", da editora Panda Books, idealizado por Vilela em 2004 e que conta com um acervo de imagens produzidas em 53 países. "O futebol de rua é como um ritual no Brasil ou uma religião. Faz parte da nossa vida", disse. "É o futebol jogado com o coração", acrescenta.

Caio Vilela é paulistano e percorre as grandes cidades e cantos remotos do planeta em busca de algo que não se oferece à primeira vista ou ao olhar descuidado. Mantém suas lentes focadas em registrar a arte presente no cotidiano. Viaja pelo mundo com bagagem de mão e um comportamento discreto, misturando-se ao povo local enquanto trabalha. Suas imagens resgatam culturas e costumes alheios ao lugar comum. Já teve trabalhos publicados na Folha de S. Paulo, National Geographic, Rolling Stone, Elle, Trip, Playboy, Superinteressante, entre outros.

Cubatão recebe a partir do dia 5 de junho, a Exposição 'A Bola é um Mundo' (Foto: Divulgação/PMC)