Designer e ilustrador santista estreia no mundo dos quadrinhos

Sérgio R M Duarte apresentou Nihil durante a Santos Comic Expo 2017, realizada neste mês na Cidade

Comentar
Compartilhar
28 OUT 2017Por Da Reportagem14h30
Nihil é o primeiro trabalho de Sérgio R M Duarte neste segmentoFoto: Divulgação

O ilustrador e designer santista Sérgio R M Duarte realiza o sonho de muitos apaixonados por quadrinhos: está lançando o seu próprio. Oficialmente,  Nihil foi apresentado durante a Santos Comic Expo 2017, realizada neste mês na Cidade.  

“Eu frequento esse evento desde a primeira edição, mas essa foi a primeira vez que participei como artista, expondo e vendendo trabalhos. Achei importante lançar lá, pois é um evento que gosto muito e acho  importante aqui para a Cidade”.

Para Sérgio, quadrinhos é algo que precisa de muita força de vontade para fazer. Formado em Design Gráfico pela Unimonte, neste primeiro trabalho, ele foi com a cara e a coragem, começando com um projeto pequeno mesmo.

“Preferi fazer por minha conta. Acredito que, com isso, vou ter motivação para projetos maiores no futuro. Eu tive  sim muito apoio da minha namorada e de amigos, além da ajuda técnica do pessoal da Miolo, que faz trabalhos de produção gráfica e g arantiu um acabamento bacana no papel”.

Sobre Nihil, o próprio Sérgio o apresenta: “Eu queria que essa história se parecesse com alguns gibis europeus, principalmente com as histórias que o Moebius contava. Sempre explorando a mente e os desejos dos seres humanos e com um traço muito delicado. A ideia era aproximar meu traço do dele, mesmo sabendo que existe um abismo de qualidade.

O gibi é uma busca por autoconhecimento e, para levar o leitor por essa busca, a gente vai junto no barco voador do nosso personagem. Ele vai navegando por um deserto meio estranho com o barco carregado de coisas que ele acumulou pelas suas viagens, algumas ele coloca no barco e outras ele veste e, assim, vai se construindo.

Ele pretende ir mais longe, provavelmente onde poucas pessoas estiveram. Não porque é tão longe,  mas porque poucos têm coragem de ir. E, nesse lugar, ele vai ter uma revelação,  que  vou guardar só pra quem ler”.

Nihil pode ser encontrado em feiras e convenções e pelas redes sociais de Sérgio R M Duarte.