Coletivo 302 estreia ‘República’ no Galpão de Artes do Anilinas

Grupo teatral cubatense foi contemplado com o Programa de ação Cultural (Proac) de Primeiras obras

Comentar
Compartilhar
04 JUN 2017Por Rafaella Martinez11h30
a peça, que traz uma narrativa jovem e divertida, fará temporada no Galpão Cultural do Parque anilinas até o dia 25 de Junho, com apresentações aos fi nais de semanaFoto: Divulgação

Quatro amigos deixam sua cidade em busca da realização de sonhos e passam a morar juntos na cidade grande. Diante de tantos perrengues e cansados da vida de trabalhar para sustentar as contas, eles rompem com a lógica comum se inscrevendo num concurso de bandas, sem sequer tocar um único instrumento, depositando no prêmio de melhor banda, a solução para manterem a República. Esse é o enredo do espetáculo “#República: Muito Além Q’Entre 4 Paredes”, criação do Coletivo 302, grupo teatral cubatense contemplado com o Programa de Ação Cultural (ProAc) de Primeiras Obras de Produção de Teatro.

A peça, que traz uma narrativa jovem e divertida, fará temporada no Galpão Cultural do Parque Anilinas até o dia 25 de Junho, com apresentações gratuitas nas sextas, sábados e domingos às 20 horas.

“Todo desenvolvimento do projeto está sendo um grande aprendizado para nós, essa é nossa primeira obra, e fizemos ela principalmente para os jovens de Cubatão, queremos muito que eles venham assistir e se divirtam com as personagens”, afirma Sandy, 23, atriz e produtora do Coletivo 302.

O espetáculo é também uma releitura das vidas dos próprios integrantes do Coletivo. “Somos jovens e todos nascemos em Cubatão, mas em algum momento da nossa formação precisamos sair da cidade para buscar aperfeiçoamento em outros locais. Agora retornamos para nossa casa e queremos trabalhar com o público jovem daqui. Mais do que isso: queremos refletir sobre toda a situação que vive hoje o país e na forma como isso reflete em nós mesmos”, conta Sander Newton, também integrante do grupo.

A peça faz parte de um projeto aprovado pela Secretaria de Cultura de São Paulo, através do edital ProAc de Primeiras Obras de Produção de Teatro. Além do espetáculo, o projeto ofereceu neste primeiro semestre, um ciclo de estudos cênicos, que recebeu cerca de 130 jovens em palestras no Galpão Cultural, espaço localizado aos fundos do Parque Anilinas e cedido pela Secretaria de Municipal de Cultura para o desenvolvimento do projeto.

Após temporada em Cubatão, os atores seguirão viagem para outras cinco cidades da região de São Paulo, todas com características industriais como Cubatão.

Galpão

Inaugurado em março desse ano, o Galpão de Experimentos de Artes está instalado no coração do Parque Novo Anilinas, em Cubatão. O espaço, ocupado anteriormente para o desempenho de funções burocráticas, é fruto de uma parceria com o Poder Público Municipal, que concedeu a permissão de uso do espaço. Ali, o coletivo instalou uma área de convívio para o desenvolvimento de atividades artísticas – em parceria com outros coletivos locais – e oferece palestras gratuitas.