Clássico do teatro, Hamlet, é apresentado em uma releitura moderna e ousada

Montagem que marca a conclusão dos alunos do Projeto Superação II, Hamlet Futebol Clube traz a tragédia e reflexão proposta por Shakespeare para uma linguagem simples e cotidiana. Uma encenação atual e de fôlego para o público e elenco

Comentar
Compartilhar
03 ABR 201517h58

Ser ou não ser, eis a questão? A famosa frase de Hamlet- personagem da obra homônima de William Shakespeare- ganha uma nova roupagem e é apresentada para o público nos dias de hoje. Em meio a um jogo de futebol, Hamlet procura saber quem é o assassino de seu pai e entre o desejo de vingança, a dor da perda e a dissimulação da loucura, ele desvenda as forças humanas e todo o jogo que envolve a sociedade, passando da traição à vingança, sem esquecer o moralismo e a corrupção.

Uma apresentação explosiva, de misturas e fôlego tanto do elenco, que desenvolve toda a estória em uma partida de futebol, quanto do público, que reconhecerá em cada personagem uma tragédia da vida real, seja no jogo de interesses por aqueles que querem o poder a qualquer preço, ou na corrupção, que leva os menos favorecidos à beira do precipício. E em meio a tudo isso, o futebol, que não pode parar.

Hamlet Futebol Clube estreia neste sábado, 04,  às 20 horas, na Praça Coronel Joaquim Montenegro, no Largo do Sapo, no Centro, em Cubatão (depois da ponte do Arco-Íris). As apresentações acontecem todos os sábados e domingos até 26 de abril. Com classificação etária livre, a entrada é gratuita.

Com direção de Marcos Felipe (responsável pela releitura) e inspirada na obra de William Shakespeare, Hamlet Futebol Clube marca a conclusão do curso de qualificação dos alunos do Projeto Superação II, do Teatro do Kaos, que tem o patrocínio da Petrobras.


Clássico do teatro, Hamlet, é apresentado em uma releitura moderna e ousada (Foto: Divulgação)



Superação II

O projeto, com duração de dois anos e composto por aulas teóricas e práticas, tem por objetivo qualificar profissionalmente 30 jovens com idade entre 18 e 29 anos em Artes Cênicas, e  ministrar uma Oficina de Iniciação Teatral para 880 crianças e adolescentes da rede pública e privada de ensino.

Após a temporada em Cubatão, Hamlet Futebol Clube será apresentado em 15 cidades brasileiras, passando pelas seguintes capitais: São Paulo; Vitória; Fortaleza; Porto Alegre e Distrito Federal.