Chico Buarque e Martinho da Vila são finalistas do Jabuti

Maior prêmio literário anual do Brasil divulgou nesta quinta uma lista com os dez finalistas de cada uma de suas 20 categorias

Comentar
Compartilhar
22 OUT 2020Por Folhapress13h01
A lista traz medalhões como Chico Buarque, que lançou o romance "Essa Gente" ano passadoFoto: DIVULGAÇÃO

Maior prêmio literário anual do Brasil, o Jabuti divulgou nesta quinta-feira (22) uma lista com os dez finalistas de cada uma de suas 20 categorias. A lista traz medalhões como Chico Buarque, que lançou o romance "Essa Gente" ano passado, Nélida Piñon, que concorre pelo livro de crônicas "Uma Furtiva Lágrima", e o compositor Martinho da Vila, que concorre por seu "2018 - Crônicas de um Ano Atípico".

Ruy Castro e Djamila Ribeiro, ambos colunistas deste jornal, também estão entre os finalistas. Ele, na categoria de biografia, documentário e reportagem por "Metrópole à Beira-Mar", e ela, entre os livros de ciências humanas, por "Pequeno Manual Antirracista". O colunista Reinaldo José Lopes também foi indicado por "Darwin sem Frescura", parceria com o biólogo Pirula.

Também aparecem autores que tiveram destaque na cena literária do último ano, como Itamar Vieira Junior, por "Torto Arado", Ailton Krenak, por "Ideias para Adiar o Fim do Mundo", Paulo Scott, por "Marrom e Amarelo", e Jarid Arraes, por "Redemoinho em Dia Quente". A escritora Adriana Lisboa concorre em duas categorias, de romance literário e poesia.

As categorias de não ficção trazem escritores veteranos como Nei Lopes, Laurentino Gomes, Luiz Maklouf Carvalho -indicado postumamente por sua biografia dos anos de Bolsonaro no Exército- e Lilia Schwarcz, que concorre com dois livros. Mas também apontam autores que estão despontando, como Sidarta Ribeiro, Chico Felitti e Alê Santos.

É bom notar que esta é uma listagem ainda preliminar. Os indicados serão reduzidos pela metade numa lista que será publicada no próximo dia 5, e os vencedores serão conhecidos em 26 de novembro.